Motor On Line
Notícias-

Stock Car: HCNG soma pontos e se prepara para 2 round em Curitiba
Reportagem: Cleber Bernuci / Caio Scafuro
Foto: Duda Bairros
P1 Media Relations
Equipe chegou a liderar treino livre e somou pontos nas duas corridas do fim de semana com Felipe Lapenna e Tuca Antoniazi.

O primeiro round de corridas em Curitiba (PR) terminou com um saldo positivo para a equipe Hot Car New Generation na Stock Car Pro Series. A principal categoria do automobilismo nacional disputou a sua sexta etapa neste domingo (1) no circuito misto do Autódromo Internacional de Curitiba. A equipe paulista chegou a liderar uma das sessões de treinos livres no sábado (31) com Felipe Lapenna, mas um furo de pneu atrapalhou o classificatório do piloto paulista. Tanto Lapenna quanto Tuca Antoniazi pontuaram no fim de semana. Os pilotos voltam a acelerar na capital paranaense no próximo fim de semana, dia 9, mas no anel externo do circuito.

Para a primeira corrida do fim de semana os pilotos da Hot Car partiram da 29ª (Lapenna) e 30ª (Tuca) posições. Como foco total na segunda corrida, Lapenna escalou oito posições e finalizou em 21º após parar para colocar quatro pneus novos antes da segunda largada. O paulista largou para a segunda prova em 21º e terminou em 12º, somando nove pontos no campeonato. Por sua vez, Tuca subiu seis colocações na primeira prova, terminando em 20º e somando um ponto. Na segunda corrida o gaúcho largou de 20º e terminou em 26º.

Para Babi Rodrigues, chefe de equipe da Hot Car, o fim de semana foi positivo. "Foi um bom fim de semana para a Hot Car. Conseguimos evoluir e fazer diversos testes técnicos que elevaram o desempenho geral dos carros. O Tuca baixou dois segundos do tempo anterior dele e o Felipe mostrou que temos um carro extremamente competitivo, liderou treino livre e infelizmente na classificação teve um furo de pneu", avaliou Babi.

"Para a semana que vem a gente tinha que esperar o resultado dessa etapa. A gente não vai voltar com os carros para a sede, vamos fazer toda a manutenção aqui nos boxes e como os carros terminaram inteiros, isso não vai ser um motivo de preocupação. Os carros estão rápidos e competitivos e na próxima etapa tenho certeza que vai ser melhor", completou.

Piloto do carro #110, Felipe Lapenna acredita que o pódio para a equipe é apenas uma questão de tempo. "A gente está numa evolução absurda, o carro está muito bom. Ontem tive a infelicidade do furo de pneu no classificatório e focamos tudo para a segunda corrida de hoje. Dava para chegar mais para frente, mas para evitar batidas na largada eu acabei perdendo algumas posições e depois ficou mais difícil de avançar", disse o piloto que partiu de 29º para a primeira corrida e terminou em 21º. "Foi um ótimo fim de semana, lideramos treinos, o carro estava rápido nas duas corridas e acredito que a nossa hora está chegando. Já já a gente encaixa um pódio para comemorar com a equipe".

Tuca ficou satisfeito em cumprir seu objetivo na etapa, que era pontuar. "O objetivo era marcar pontos e eu consegui pontuar. Nós fizemos uma mudança no carro para a tomada de tempo e não ficou legal. Na primeira corrida, eu estava no pelotão, fiz ultrapassagens... mas quem estava na frente não conseguia fugir e quem vinha atrás não conseguia passar. Na hora que eu vim para box, saí com o pneu frio, abusei e rodei e me custou três posições", disse o piloto do carro #54. "Na segunda corrida, logo na largada eu me enrosquei com o Lapenna. Com o carro dele não aconteceu nada, mas desalinhou a minha direção. Até me acostumar com isso foi quase no fim da corrida. Estou contente porque nas últimas corridas tive algumas batidas e nessa eu consegui entregar o carro inteiro. Estou satisfeito, baixei bastante o meu tempo e a equipe toda está de parabéns", comemorou.

A próxima etapa no "oval"

Agora o próximo compromisso será no traçado externo do Autódromo Internacional de Curitiba, com extensão de 2.540 metros. Para esse compromisso a equipe ficará com os carros em Curitiba para ganhar tempo na preparação.

Tuca tem uma boa expectativa para a próxima etapa. "No miolo é onde está a minha maior dificuldade e como só teremos o S de baixa e a zero a tendência é melhorar. Para o 'oval' a expectativa é que a gente vá bem".

No anel externo o acerto do carro é outro e Felipe Lapenna já sabe onde precisa melhorar. "A corrida no anel externo vai mudar completamente o setup do carro, focando mais nas retas. Nossa velocidade em reta não era tão boa, mas a equipe vai focar nisso, porque é o que vai fazer a diferença".

O encontro do próximo fim de semana será válido pela sétima etapa da Stock Car Pro Series.

Resultado extra-oficial da Corrida 1 (top-5):

1 Ricardo Maurício (Eurofarma-RC/Cruze) em 23 voltas
2 Daniel Serra (Eurofarma-RC/Cruze) a 2.399
3 Gabriel Casagrande (AMattheis Vogel Motorsport/Cruze) a 4.784
4 Julio Campos (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze) a 12.110
5 Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Cruze) a 13.885
20 Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Cruze) a 1 Volta
21 Felipe Lapenna (Hot Car Competições/Cruze) a 1 Volta

Resultado extra-oficial da corrida 2 (top-5):

1 Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Corolla) em 21 voltas
2 Gaetano di Mauro (KTF Racing Cruze) a 1.068
3 Bruno Baptista (RCM Motorsport/Corolla) a 2.962
4 Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Corolla) a 3.278
5 Julio Campos (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze) a 5.142
12 Felipe Lapenna (Hot Car Competições/Cruze) a 9.987
26 Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Cruze) a 1:12.707

Notícias

Página inicial