Motor On Line
Notícias-

F. Fogaša homenageia pai com o 11║ tempo na Copa Truck em Curitiba
Reportagem: Luiz Aparecido da Silva
Foto: Vanderley Soares
Cascavel News
O piloto da equipe FF Motorsport / Quartzolit / Brasilit / Kraucher foi o 11║ mais na Copa Truck na sexta-feira em Curitiba.

O número 72 trouxe sorte para o paulista Fábio Fogaça, da equipe FF Motorsport / Quartzolit / Brasilit / Kraucher. Ele inicia a homenagem que fará ao pai Djalma Fogaça, recuperado da Covid-19, com o nono melhor tempo no segundo treino da Copa Truck, 11º da sexta-feira, em Curitiba. Neste fim de semana será disputada da penúltima etapa da temporada, encerrando a Terceira Copa, que definirá os três últimos classificados para a Grande Final de dezembro.

Em sua melhor volta no segundo treino, Fábio fez o tempo de 1m44s364, pilotando um Protótipo, ficando em nono e 11º na combinação dos dois treinos. No primeiro treino, pela manhã, ele tinha se classificado em 12º, com 1m46s106. O mais rápido do dia foi Danilo Dirani, com um Mercedes-Benz e o tempo de 1m42s180. Fábio Fogaça esteve a maior parte do segundo treino entre os cinco primeiros.

Fábio deu início à homenagem que fará ao pai Djalma Fogaça, que está recuperado da Covid-19, depois de 21 dias internados, 15 deles na UTI. Na etapa de Curitiba, Fábio irá competir com o número 72, utilizado por Djalma Fogaça ao longo de toda a sua carreira.

Segundo Fábio Fogaça, o treino foi bom, ainda tem margem boa para melhorar para o treino classificatório. "Procurei poupar o equipamento e só forcei em duas voltas em cada um dos treinos. Estou contente. O número 72 trouxe sorte", frisa Fábio Fogaça.

Tempos da sexta-feira da Copa Truck em Curitiba

1º) Danilo Dirani (Mercedes-Benz), 1m42s180
2º) Welington Cirino (Mercedes-Benz), 1m42s505
3º) Beto Monteiro (Volkswagen/MAN), 1m42s928
4º) Paulo Salustiano (Volkswagen/MAN), 1m42s989
5º) André Marques (Mercedes-Benz), 1m43s210
6º) Adalberto Jardim (Protótipo), 1m43s576
7º) Felipe Giaffone (Iveco), 1m43s735
8º) Valdeno Brito (Mercedes-Benz), 1m43s746
9º) Leandro Totti (Mercedes-Benz ), 1m43s887
10º) José Augusto Dias (Volkswagen/MAN), 1m44s339
11º) Fabio Fogaça (Protótipo), 1m44s364
12º) Evandro Camargo (Mercedes-Benz), 1m44s367
13º) Renato Martins (Volkswagen/MAN), 1m44s507
14º) Rafael Lopes (Volkswagen/MAN), 1m44s638
15º) Débora Rodrigues (Mercedes-Benz), 1m45s306
16º) Danilo Alamini (Volkswagen/MAN), 1m45s998
17º) Djalma Pivetta (Iveco), 1m48s098
18º) Daniel Kelemen (Mercedes-Benz), 1m48s384
19º) Christiano José Julio (Mercedes-Benz), 1m48s400
20º) Pedro Paulo (Mercedes-Benz), 1m48s947
21º) Raphael Teixeira (Protótipo), 1m49s136
22º) Luiz Lopes (Iveco), 1m52s904
23º) Ricardo Alvares (Scania), 1m51s206
24º) Régis Boessio (Volvo), 1m55s130

Notícias

Página inicial