Motor On Line
Notícias-

Stock Car: 8 e 6 lugar em Cascavel Suzuki segue na briga campeonato
Reportagem: Rafael Suzuki News

Cascavel recebeu a 5ª e 6ª etapas da Stock Car em um fim de semana intenso, de muito calor e com um formato inédito. Com três corridas em apenas dois dias de atividades, pilotos e equipes tiveram de reagir rápido buscando os melhores resultados possíveis, já que haviam até 84 pontos em jogo nas disputas (considerando a pontuação referente à três vitórias).

Para Rafael Suzuki, o saldo foi positivo, apesar da performance não ter sido tão forte quanto em Londrina, quando conquistou sua primeira vitória na Stock Car. O piloto do Corolla #8 fez boas corridas e salvou pontos importantes para o campeonato.

Ele foi o 8º maior pontuador do fim de semana, o que mais somou entre os pilotos da Full Time Sports, e, com mais 32 pontos, manteve-se em 8º lugar na briga pelo título, entre os 26 pilotos do grid, ao fim da primeira metade da temporada.

Domingo: Estratégia e recuperação

O dia começou com a classificação, que não saiu como o esperado. Por estar entre os 12 primeiros do campeonato, Suzuki foi à pista no grupo 1 e marcou o 7º melhor tempo no momento. Porém, o segundo grupo pegou condições melhores de pista, e e quase todos do grupo 1 foram superados. 



Largando em 17º, Suzuki e a equipe Full Time Sports seguiram uma estratégia priorizando a corrida 2, abastecendo mais e fazendo um pit-stop extra para trocar mais um pneu, o que se mostrou uma decisão acertada, já que ele terminou com o 6º lugar, somando mais 19 pontos para a classificação geral.

Fala Suzuki: Pontos importantes para o campeonato

Foi um dia difícil, mas conseguimos salvar um 6º lugar na corrida 2. A classificação foi muito complicada, porque estávamos no grupo que ainda pegou óleo da Copa Truck na pista e isso foi muito desfavorável. 

Mas fizemos muitos pontos no campeonato. Então, estamos na briga. Não foi tão bom como Londrina, em termos de performance, mas fazer 32 pontos, num fim de semana onde não tínhamos o carro mais rápido, é importante para estar na briga pelo título lá no fim.

Sábado: Um dia intenso para a 5ª etapa

Após dois treinos livres, foi disputada a classificação para a 5ª etapa. Suzuki chegou a passar para o Q2, e garantiu o 15º lugar no grid de largada para a corrida, que aconteceu algumas horas depois. 



O início da prova foi conturbado, com acidentes nas duas primeiras voltas, mas Rafael conseguiu se livrar das confusões, e avançou bem na segunda parte da prova, que contou inclusive com alguns pingos de chuva. O piloto completou as 34 voltas em 8º lugar, e ficou satisfeito por ter ‘sobrevivido’ e somado mais 13 pontos para o campeonato.

Fala Suzuki: Sobrevivendo a uma corrida maluca

Foi uma corrida maluca. Felizmente, consegui me livrar dos incidentes da largada. Minha fila, do lado de dentro, largou muito mal. Fiquei um pouco travado, perdi algumas posições. Mas, no ponto onde havia água, eu consegui ver que a pista estava escorregadia e, de lá pra frente, o carro estava bem.

A gente precisa melhorar, mas chegar em 8º, depois de largar em 15º, são bons pontos para o campeonato. Foi uma corrida de sobrevivência, mas foi bom conquistar estes 13 pontos.

Classificação do campeonato: 8º, após metade da temporada

Cascavel marcou o fim da primeira metade do campeonato. Suzuki foi o 8º maior pontuador do fim de semana, e, com os 32 pontos somados, manteve-se em 8º lugar na classificação geral, a 22 pontos do top-5 e 42 do líder.

Confira a tabela completa:

1º - Cesar Ramos - 146 pontos
2º - Ricardo Zonta - 132
3º - Thiago Camilo - 130
4º - Ricardo Maurício - 130
5º - Rubens Barrichello - 126
6º - Daniel Serra - 119
7º - Átila Abreu - 116
8º - Rafael Suzuki - 104
9º - Allam Khodair - 103
10º - Nelsinho Piquet - 99
11º - Gabriel Casagrande - 93
12º - Bruno Baptista - 91
13º - Denis Navarro - 80
14º - Julio Campos - 70
15º - Cacá Bueno - 69
16º - Diego Nunes - 67
17º - Galid Osman - 57
18º - Guilherme Salas - 57
19º - Lucas Foresti - 52
20º - Gaetano di Mauro - 52
21º - Matías Rossi - 45
22º - Pedro Cardoso - 35
23º - Marcos Gomes - 27
24º - Tuca Antoniazzi - 24
25º - Vitor Genz - 11
26º - Vitor Baptista – 8

Próxima etapa: desafio triplo no Velocittà

Em 15 dias, pilotos e equipes da Stock Car voltam a se reunir, dessa vez no autódromo do Velocittá, em Mogi-Guaçu, no interior de São Paulo.


Entre os dias 16 e 18 de outubro, serão disputadas a 7ª e 8ª etapas do campeonato, no mesmo formato de Cascavel, com três corridas no final de semana, assim como acontecerá também no encontro seguinte, entre 6 e 8 de novembro, em Curitiba. 


Neste ano, os pilotos poderão descartar os três piores resultados conquistados até a penúltima etapa. Dessa forma, a regularidade será fundamental para se manter na briga pelo título.

Notícias

Página inicial