Motor On Line
Notícias-

Stock Car: Bruno Baptista confiante para para 2 e 3 etapas em Interlagos
Reportagem: Charles Marzanasco Filho
Foto: Carsten Horst

Motivação é o que não falta este ano para um dos mais jovens pilotos do Campeonato Brasileiro de Stock Car 2020, que terá neste final de semana, no Autódromo Internacional de Interlagos, as disputas da 2ª e 3ª etapas da temporada. Principalmente porque depois de sofrer com o terrível Coronavírus, em março deste ano, o paulista Bruno Baptista chegou em terceiro lugar largando do boxes na última corrida da etapa de abertura, em Goiânia, no mês passado.

Novamente sem a presença de público por conta do Covid-19, a principal categoria do automobilismo terá treinos extraoficiais na sexta-feira (21/08), a partir das 10 horas; treino de classificação (9 horas) e a prova da 2ª etapa, às 11 horas, no sábado (22/08); e treino de classificação (8h15) e a "Corrida do Milhão", válida pela 3ª etapa, às 10h13, no domingo (23/08). As duas provas de classificação e a corrida do sábado serão transmitidas pela Sportv2 e a corrida do Milhão, no domingo, pela TV Globo.

Com sabor de vitórias

Depois de contrair o Covid-19 no dia ou muito próximo de completar 23 anos, no último 24 de março, o piloto Bruno Baptista foi internado no hospital Albert Einstein com a certeza que não participaria da primeira etapa do campeonato, prevista inicialmente no calendário para o dia 10 de abril, no circuito Velopark, no Rio Grande do Sul. Até então, a prova ainda não havia sido adiada.

Mais do que voltar a correr, a maior preocupação de Bruno no período da semana em que ficou internado, foi a de não ser mais uma vítima do Coronavírus, já que a sua respiração naqueles dias de angústia foi muito prejudicada em razão de seus pulmões terem sido afetados em mais de 40% pelo vírus, conforme lembra o piloto.

"Nossa, quando comecei a sentir falta de ar, em casa, já fui para o hospital tenso. Fiquei ainda mais preocupado quando o resultado do meu exame deu positivo e fui obrigado a permanecer sozinho no Einstein. Chorei praticamente todas as noites com a possibilidade de piorar. Felizmente, tive alta, mas saí de lá com os pulmões bem prejudicados e com a necessidade de uma fisioterapia intensa e demorada", recorda o piloto.

Depois de vencer o Coronavírus com o seu retorno para casa, que foi comemorado até com mais emoção do que quando conquistou a sua primeira vitória na própria Stock, na pista do Velopark, no ano passado, Bruno soube que a primeira etapa da Stock foi adiada em virtude da pandemia estar cada vez mais crescente em todo o Brasil.

Com mais alguns adiamentos, o jovem piloto chegou em Goiânia, em meados de julho, pelo menos, praticamente recuperado da forma física nos treinos para a primeira etapa do campeonato. Porém, não esperava que o seu novo Toyota Corolla de Stock fosse ter problema na classificação e também na primeira corrida, onde só completou a primeira volta.

Assim, na segunda prova, largou dos boxes e entrou exatamente na 24ª posição da corrida. Ou seja, praticamente sem chance de conseguir um bom resultado. Mas como a esperança é a última que morre, o piloto teve uma pilotagem perfeita até para aproveitar muito bem o maior número de "push" com mais potência que não utilizou na primeira prova e acabou terminando num brilhante terceiro lugar, ultrapassando 21 concorrentes.

Subiu no pódio ao lado de dois ex-pilotos de F1, Rubens Barrichello, o vencedor e Nelson Piquet Júnior, segundo colocado.

Depois de viver estes dois emocionantes momentos neste ano e após a sua impecável atuação na segunda prova em Goiânia, o jovem Bruno Baptista acredita que para a corrida deste sábado, em Interlagos, terá uma motivação a mais para disputar outro pódio, conforme explica.

"O número do meu Toyota Corolla de Stock é 44 e a prova deste sábado, em Interlagos, vai ser exatamente a minha 44ª corrida consecutiva na categoria, desde que comecei no campeonato de 2018. De escolha de número posso dizer que estou bem, já que é o mesmo do Lewis Hamilton, o maior vencedor de corridas das últimas temporadas de F1. Quem sabe ele até não me dá sorte também na badalada e empolgante corrida do Milhão do domingo", adianta o piloto equipe Toyota RCM Racing, com os apoios das empresas Webmotors, HERO, Pro Automotive, Loctite e NGK do Brasil.

Mas a maior intenção de Bruno Baptista neste final de semana em Interlagos será marcar pontos importantes nas duas corridas, já que por não terminar a primeira prova, em Goiânia, só alcançou 18 pontos do terceiro lugar e ocupa atualmente o 14º lugar do campeonato brasileiro, que está sendo liderado por Rubens Barrichello (Toyota Corolla), com 38 pontos. O segundo lugar é do tricampeão Daniel Serra (Chevrolet Cruze, com 34 pontos), seguido de Thiago Camilo (Chevrolet Cruze, 31), Ricardo Zonta (Toyota Corolla, 30), Ricardo Maurício (Chevrolet Cruze, 30) e Cacá Bueno (Chevrolet Cruze, 29 pontos).

Este será o programa das duas etapas em Interlagos, neste final de semana:

Sexta (21/08):
10h00: 1º treino do 1º grupo (30 minutos)
10h40: 1º treino do 2º grupo (30 minutos)
14h00: 2º treino do 1º grupo (30 minutos)
14h40: 2º treino do 2º grupo (30 minutos)

Sábado (22/08) – 2ª etapa
09h00: Classificação para o grid de largada (32 minutos)
10h57: Volta de apresentação
11h00: Largada para 40 minutos de prova + 1 volta

Domingo (23/08) – 3ª etapa (Corrida do Milhão)
08h15: Classificação para o grid de largada (32 minutos)
10h10: Volta de apresentação
10h13: Largada para 40 minutos de prova + 1 volta

Notícias

Página inicial