Motor On Line
Notícias-

Di Mauro disputa prova virtual do Turismo Carretera em Buenos Aires
Reportagem: Luis Ferrari
Piloto Shell convidado para competir em automobilismo virtual com os pilotos regulares do mais antigo campeonato do mundo.

Uma semana depois de dominar a primeira prova oficial da Stock Car em automobilismo virtual, o piloto Shell Gaetano di Mauro encara mais um desafio nos simuladores. O paulista de 23 anos será o primeiro brasileiro a disputar uma etapa virtual do Turismo Carretera.

A tradicionalíssima categoria argentina realiza seu campeonato oficial virtual com grande sucesso em 2020. Já foram disputadas sete provas pelos pilotos regulares do grid e nesta semana tem início a fase do campeonato com quatro corridas que definirão o grande campeão.

Di Mauro foi convidado para participar da prova de abertura dos playoffs, marcada para o Buenos Aires. Será sua primeira participação no Autódromo Juan y Oscar Gálvez, palco de 20 GPs de F1 e vitórias de grandes campeões como Nelson Piquet, Emerson Fittipaldi, Juan Manuel Fangio, Jackie Stewart e Michael Schumacher.

A corrida virtual do Turismo Carretera segue rigorosamente a realidade do mais antigo campeonato do esporte a motor mundial, inclusive com pit-stop para troca de pneus e reabastecimento.

Com três vitórias em sete provas da temporada regular, Nicolás Trosset chega aos playoffs em primeiro lugar. Também com três vitórias, Agustín Canapino aparece em segundo. Ele competiu na Stock Car uma etapa em 2019, inclusive disputando posições com Di Mauro em Santa Cruz do Sul.

A jornada de Buenos Aires será transmitida pela TV Pública da Argentina e pelas redes sociais da ACTC (Associación Corredores Turismo Carretera).

O que eles disseram:

“Sempre fiquei encantado com a paixão do torcedor argentino e a força da Turismo Carretera. São os carros de competição que têm o barulho mais lindo do mundo! Quando a Shell entrou como fornecedora oficial da categoria, me animei, pois imaginava que poderia aparecer uma oportunidade para mim. A chance chegou no virtual e vou dar o meu melhor para buscar a vitória e ao mesmo tempo respeitando os pilotos que lutam pelo campeonato. Estou muito contente em participar do evento pelo simulador e sigo sonhando com a chance de um dia poder acelerar esses carros diante do apaixonado público argentino em uma corrida real”

Gaetano di Mauro, piloto Shell

“Com grande alegria e satisfação recebemos o convite da Turismo Carretera para que um piloto Shell fizesse parte desse grid. É um campeonato que tem uma enorme tradição, com muitas e muitas décadas de história. Será muito legal poder ver como o Gaetano se sai em meio a tantas feras do esporte a motor e numa pista tão tradicional como a de Buenos Aires. Mais que tudo é motivo de honra para a marca Shell mais uma vez participar desse intercâmbio tão importante entre Brasil e Argentina, mercados tão importantes e com fãs apaixonados por corridas.

Gaetano é um de nossos pilotos com maior capacidade de adaptação ao automobilismo virtual. Nas corridas de simulador que disputou ou venceu ou esteve perto de vencer. Vai ser um grande desafio para ele correr numa categoria que não conhece, com um carro que não conhece e numa pista que também não conhece. Então vai ser muito bacana acompanhar isso e ver como ele se sai”

Vicente Sfeir, gerente de patrocínio e motorsport da Raízen

Sobre a Raízen:

A Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil, se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 26 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,0 bilhões de litros de etanol por ano, 4,2 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 67 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 6.000 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

Notícias

Página inicial