Motor On Line
Notícias-

Novo Troller TX4 estreia com pódio na primeira competição oficial
Reportagem: Imprensa Troller
O utilitário automático foi vice-campeão na categoria Junior no Rally Cerapió, rodando mais de 1.000km de Fortaleza a Teresina.

O Troller TX4 acaba de chegar ao mercado e mostrou sua força na estreia em competições oficiais, como vice-campeão do Rally Cerapió na categoria Júnior. Pilotado pelos cearenses Elias Neto e Fábio Guimarães, o novo utilitário com transmissão automática superou os mais de 1.000 km do tradicional rali de regularidade, percorridos durante quatro dias entre Fortaleza, no Ceará, e Teresina, no Piauí.

Empresário da área de telecom, Elias Neto também foi vice-campeão da prova no ano passado pilotando um Troller T4, que conhece bem. E só tem elogios ao desempenho do novo modelo. “O carro é muito bom e responde rápido”, comenta.

O TX4 é o terceiro Troller do empresário, que no período de seis anos teve também um modelo 2.8 e um 3.2 de nova geração. Ele gosta de usar o utilitário para passear com a mulher e os dois filhos e disputar provas com os companheiros da equipe.

“Peguei o TX4 em dezembro. Ele tinha só 700 km quando começou o rali, nem estava amaciado, e voltou com 3.000 km”, conta Elias. “Outros carros atolaram pelo caminho porque tinha muito chuva, com areia, pedra, toco e canavial. Mas não tive dificuldade, passei por cima. Muita gente filmou e perguntou sobre o carro. Estou satisfeito, em nenhum momento me senti inseguro.”

A transmissão automática, segundo o piloto, foi totalmente aprovada. “Ela segura bem a marcha, responde bem na baixa e no sequencial. Corri muito na automática e usei a redução só por segurança”, diz. “O TX4 tem tudo o que eu preciso e só não vencemos por pouco. Em competição, você sabe, não se pode errar, mas não foi culpa do carro. É treinar mais um pouco e no próximo ano ser primeiro.”

Tradição

O 33º Rally Cerapió abriu a temporada do Campeonato Brasileiro de Rally de Regularidade da CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo), com mais de 420 participantes. Em um ano a competição parte do Ceará rumo ao Piauí (Cerapió) e no ano seguinte faz o trajeto inverso (Piocerá). Os carros largaram de Fortaleza até Sobral, no Ceará, e depois entraram no Piauí, fazendo uma parada na cidade de Pedro II antes de chegar a Teresina.

Na categoria Master, destinada aos competidores mais experientes, a dupla formada por Renato Martins, de Belo Horizonte, MG, e Gustavo Schmidt, de São José, SC, conquistou o primeiro lugar com um Troller T4. Ambos são tricampeões do Cerapió e esta foi a primeira vez que correram juntos.

Notícias

Página inicial