Motor On Line
Notícias-

Stock Car: Hot Car aposta estratégia para bom resultado em Interlagos
Reportagem: Cleber Bernuci
Foto: Vanderley Soares
P1 Media Relations
Com pneus novos e tanque cheio após a classificação, Rafael Suzuki larga da 16ª posição em boas condições para a Super Final da Stock Car neste domingo (15) em São Paulo.

A classificação da etapa final da Stock Car, neste sábado (14) em Interlagos, mostrou uma gama variada de estratégias entre pilotos e equipes. O regulamento da prova que define o campeão de 2019 estabelece que a quantidade de combustível e os pneus com os quais cada piloto concluir a definição do grid serão os mesmos com os quais eles irão começar a corrida de amanhã (às 10 horas, ao vivo na Globo e SporTV). Com o reabastecimento não sendo obrigatório e a troca compulsória de pelo menos um dos quatro pneus, as táticas serão as mais variadas possíveis de acordo com a posição de largada de cada um.

Com o 16º melhor tempo do classificatório, obtido com tanque cheio, Rafael Suzuki se coloca em boas condições para um bom resultado no domingo (15), apesar de ter esperado mais ao contar com o bom acerto do carro da Hot Car Competições. “Não é tão ruim, porque somos ‘os primeiros’ entre os que não fizeram o Q2, portanto, não gastamos tanto combustível nem pneus. Fiquei com uma volta só na classificação, porque na primeira o tempo não veio, e também não podia arriscar muito. Fica um gosto meio estranho, porque se fecha o Q1 em 14º ou 15º dava para termos ido bem mais para frente, acho que até mesmo largando ali entre os dez primeiros. Não foi das piores, mas ficou um gosto estranho”, disse Rafael, que marcou 1min38s356, apenas 63 milésimos de segundo do tempo de Marcel Coletta, que passou ao Q2 no 15º lugar.

Em seu segundo final de semana na Stock Car, Tuca Antoniazi se permitiu fazer experiências na configuração de seu carro. No final das contas, os experimentos acabaram não funcionando como o desejado, e o gaúcho de 47 anos larga da 27ª e penúltima posição do grid. “Eu fiz uma escolha de acerto que não funcionou na classificação, tanto que virei pior que no treino livre. Foi mais um aprendizado. Quis tentar algo diferente, e foi uma tentativa válida. Mesmo assim, a situação de pneus e combustível é muito boa, e acho que com a estratégia correta poderemos sim fazer uma corrida excelente”, afirmou o piloto, o mais velho do grid da Stock Car.

Para Amadeu Rodrigues, chefe da Hot Car, as condições em que Rafael Suzuki completou a classificação permitem ao time pensar em um bom resultado no domingo. “Tínhamos a expectativa de classificar o Rafael pelo menos umas cinco posições à frente, porém, a posição que conseguimos, 16º, supostamente é uma posição ideal até mesmo para tentar ganhar a corrida. Andamos pouco, com tanque cheio, pneus novos e um acerto muito bom, porque em todos os treinos andamos entre os primeiros. Amanhã é fazer uma corrida de garra, porque é uma corrida curta, de 40 minutos, e agora a estratégia de abastecer pouco deve acontecer, e se houver um Safety Car a gente nem é obrigado a colocar combustível no pit stop”, afirmou.

A prova deste domingo, que define o campeão 2019 da Stock Car, terá 40 minutos de duração mais uma volta, e valerá o dobro de pontos. Seis pilotos estão na disputa pelo título: Daniel Serra, Thiago Camilo, Ricardo Maurício, Julio Campos, Rubens Barrichello e Felipe Fraga. A corrida tem largada às 10h10 com transmissão ao vivo da Globo e do SporTV.

Programação Final Stock Car 2019:

Domingo, dia 15
8h30 - 9h30 – Visitação aos Boxes
10h10 – Largada (40 minutos + 1 volta) - Transmissão TV Globo + SporTV

Notícias

Página inicial