Motor On Line
Notícias-

Kart: Artur Hoff teve experiÍncia positiva em sua estreia no Brasileiro
Reportagem: Erno Drehmer
Foto: Luiz Pinheiro
KGCom
Com 10 anos de idade e menos de um ano de kart, piloto brasiliense disputou pela primeira vez o mais importante evento do kartismo no Brasil.

Aos 10 anos de idade, o brasiliense Artur Hoff (Sollo Serviços | Construtora Construnião Ltda) viveu uma experiência única em sua recém iniciada carreira como piloto de kart. Em Cascavel (PR), no Kartódromo Delci Damian, ele integrou as disputas da 1ª fase do Campeonato Brasileiro de Kart na categoria Cadete, que reuniu 36 pilotos de todo o Brasil.

Depois de fazer boas provas em Brasília, onde reside, e de competir com destaque na Copa Brasil em Minas Gerais no ano passado, era chegado o momento de estrear no mais importante campeonato de kart do Brasil, que realizava sua 54ª edição.

Artur Hoff e sua equipe tveram uma dificuldade inicial, causada especialmente pelo fato de não terem participado das provas preparatórias, o Open do Brasileiro, disputado em junho também em Cascavel. “Nosso principal problema nos primeiros dias foi conseguir achar o acerto ideal para o kart do Artur”, lembra Renato Hoff, pai do jovem piloto. “Conseguimos isso apenas na segunda corrida, mas mesmo assim o Artur teve atuações destacadas em seu primeiro Brasileiro”, completa.

Desta forma, o crescimento de Arthur Hoff (Sollo Serviços | Construtora Construnião Ltda) foi gradativo, a ponto de liderar em alguns momentos – na chuva – o treino de aquecimento do último dia de competições, acompanhando os pilotos que se tornariam campeão e vice na corrida final.

Este crescimento permitiu que o piloto brasiliense estivesse entre os 10 primeiros colocados na segunda classificatória, exatamente o momento em que a equipe encontrou o acerto desejado. Porém, um toque de um concorrente fez com que Artur Hoff caísse para as últimas posições e, assim, foi necessário buscar a recuperação, que viria nas duas últimas provas.

Na Pré-Final o jovem piloto terminou em 22º e depois, na grande Final, recebeu a bandeirada em 18º, exatamente 18 posições à frente de onde terminara a segunda classificatória.

“A demora em encontrarmos o melhor acerto atrapalhou, mas depois tudo ficou melhor e o Artur pôde fazer uma boa estreia no Brasileiro”, resume Renato Hoff. “O mais importante de tudo foi vermos a dedicação e garra dele e também o intenso trabalho de todos em busca do melhor equipamento”, finaliza.

Agora, após a estreia promissora, Artur Hoff se prepara para os compromissos “locais”, tais como o Campeonato Brasiliense e o Campeonato Goiano, mas voltará às competições nacionais em outubro, quando disputará a 21ª Copa Brasil de Kart, no Kartódromo Beto Carrero, em Penha (SC).

Notícias

Página inicial