Motor On Line
Notícias-

Rally: Transcatarina com encanto das crianças e adrenalina dos adultos
Reportagem: Isis Moretti
Foto: Cadu Rolim
Liberdade de Ideias
Evento exclusivo para as crianças de escolas municipais de Fraiburgo e prólogo repleto de pegadinhas, marcam o primeiro dia do Transcatarina.

Uma quarta-feira (10) de fortes emoções! Os motores dos 200 veículos inscritos no Transcatarina 2019 foram ligados e colocaram fim a uma espera de 365 dias. Pilotos e navegadores das categorias de competição (Máster, Graduados, Turismo, Turismo Light e Turismo Iniciante), e de Passeio (Passeio Radical e Adventure), iniciaram a 11ª edição do evento, com muita aventura e uma programação exclusiva para centenas de crianças que ficaram eufóricas em conhecer de perto os 4x4.

Às 13h30, os participantes largaram do pórtico montado em frente ao Hotel Renar e, em comboios separados, seguiram para as escolas municipais de Fraiburgo, onde crianças, das mais variadas idades, receberam os aventureiros com muito carinho, alegria e cartazes. Ainda, no local da largada, mais três grupos de alunos visitaram o Transcatarina, que foram contagiados pelo clima do evento, embalados pelo buzinaço e roncos dos motores. “Foi um dos momentos mais emocionantes que presenciei. As crianças nos receberam com muita empolgação. Sem dúvida, essa foi uma das ações sociais mais marcantes de todo o Transcatarina”, revelou o piloto paranaense, Leandro Moor.

Prólogo técnico e emocionante

Às 15h46, o primeiro veículo foi autorizado a entrar para o percurso de 2,7 quilômetros do prólogo – tomada de tempo que definiu a ordem de largada para a primeira etapa do rali. O roteiro foi bastante sinuoso, com subida e descida de morro e, claro, pegadinhas. De acordo com o diretor adjunto do Transcatarina, Alexandre Rech, foi um teste para coração e nervos, com trechos de alta velocidade, principalmente, por conta de o prólogo valer pontos para a classificação acumulada. “Prólogo é sempre igual: a hora que começa a esquentar, ele termina. Imagina o quanto suei neste pouco tempo de aceleração? É tanta adrenalina e concentração, que o sangue ferve muito rápido”, disse o piloto de Itapema, Lauro Juarez Franco Gomes.

E os mais regulares no prólogo e, portanto, os primeiros a largar pela categoria Máster são Olair Fagundes e Jhonatan Ardigo. Na Graduados, abrirão o primeiro dia de prova, Cristiano Antonio Rocha e Lourival Roldan. Na Turismo, José Andrade Júnior e Bernardo Schafer Andrade começaram com o pé direito e serão os primeiros a colocar o 4x4 na trilha. Na Turismo Iniciante, a dupla Eduardo Pereira Silva e Maria Beatriz de Andrade Silva abrirão o “comboio”, e por fim, na Turismo Light, Walter Luiz Nacke e Arthur Manfroi Nacke ficaram na primeira posição.

Fraiburgo a Caçador

O Transcatarina começa, basicamente, dentro de propriedades particulares de plantações de pinus; ao longo do dia serão oito fazendas, incluindo um pomar de maçã (que, como sempre, renderá lindas imagens). Em todos os locais haverá várias “ruas”, nas quais a organização aproveitou para dar dinamismo à disputa e colocar mudanças de direção (referências), exigindo habilidade na pilotagem e navegação, em meio a médias bem justas de velocidade. No total, serão 90 quilômetros de trechos navegados.

Resultado – 11º Transcatarina

Prólogo

Categoria Máster
1º Olair Fagundes e Jhonatan Ardigo, 247 pontos perdidos
2º Gustavo Schmidt e Tiago Poisl, 377 pontos perdidos
3º Flávio Roberto Kath e Marcos Maia Pastein, 406 pontos perdidos
4º Fernando Lage e Rafael Dal Bello, 441 pontos perdidos
5º Acyr Hideki Rodrigues da Silva e Renan Medeiros, 446 pontos perdidos

Categoria Graduado
1º Cristiano Antonio Rocha e Lourival Roldan, 87 pontos perdidos
2º Bruno Rozalen Tesser e Weliton Luan Scoti, 123 pontos perdidos
3º Waldir Hudson Barbosa e Maria Eveli Giani Barbosa, 127 pontos perdidos
4º Milton Roberto Dresh e Thiago Ferreira da Silva, 149 pontos perdidos
5º Sandra Dias e Minae Miyauti, 198 pontos perdidos

Categoria Turismo
1º José Andrade Júnior e Bernardo Schafer Andrade, 66 pontos perdidos
2º Luis Henrique Redlich, e Marco Rodrigo Redlich, 157 pontos perdidos
3º Denilson Bonfanti e Leandro José Machado, 180 pontos perdidos
4º Fábio de Mello Aleixo Machado e Pedro Aleixo Machado, 187 pontos perdidos
5º Leandro Paulo Barazetti e Marcos Marchioro, 367 pontos perdidos

Categoria Turismo Iniciante
1º Eduardo Pereira Silva e Maria Beatriz de Andrade Silva, 1.606 pontos perdidos
2º Fábio Francisco Dalpaz e Deividi de Giacometi, 3.424 pontos perdidos
3º Osmar Fleishmann e Vitor Fleischmann, 5.473 pontos perdidos
4º Douglas Vellenich e João Pedro Hegedus Vellenich, 8.734 pontos perdidos
5º Amarildo Senke e Rodrigo Dionizio Silva, 10.544 pontos perdidos

Categoria Turismo Light
1º Walter Luiz Nacke e Arthur Manfroi Nacke, 99 pontos perdidos
2º Giovani Rodrigues Modolon e Fábio Augusto Conte, 187 pontos perdidos
3º Altair José Maziero e Eduardo Grezel Baldissera, 632 pontos perdidos
4º João Marques e Fabiana Gonçalves, 771 pontos perdidos
5º Camile Picooli Hentz e Sonia Aparecida Lemons Lacowicz, 1.255 pontos perdidos

Programação – 11º Transcatarina

11 de julho – quinta-feira
Fraiburgo a Caçador
8h – Largada
14h – Previsão de chegada do primeiro carro

12 de julho – sexta-feira
Caçador e Rio Negrinho
7h – Largada
14h – Previsão de chegada do primeiro carro

13 de julho – sábado
Rio Negrinho a Blumenau – chegada na Vila Germânica
8h – Largada
13h – Previsão de chegada do primeiro carro
19h – Início do evento de encerramento, com a premiação dos campeões

O 11º Transcatarina tem patrocínio de Hotel Renar.

Apoio de SFI Chips, Grupo Gratt, Concessionária Trilha SC, FD Stands Displays, RH Brasil – Recursos Humanos, Orangesun – Energia Renovável, Posto Maçã, Lave Bem Lavanderia, Barbieri Painéis, Guinchos Fixxar, Hotel Kindermann, Mamute Off-Road, Vipal Rede Autorizada, Cervejaria Holzbier, RFX Pneus, Prefeitura Municipal de Blumenau, Prefeitura Municipal de Fraiburgo e Prefeitura Municipal de Caçador

Supervisão: FAUESC Realização: SC Racing

Notícias

Página inicial