Motor On Line
Notícias-

Velocidade na Terra: Metropolitano comeša com 72 carros e boas corridas
Reportagem: Bispo Neto
MRT

O fim de semana (4 e 5 de maio) foi movimentado no Autódromo de São José dos Pinhais, com a realização da 1.ª etapa do Campeonato Metropolitano de Velocidade na Terra, que contou com organização e promoção de Manoel Rodriguez e Leandro Stadler, da RS Motorsport Eventos, disputada por 72 carros, nas categorias Marcas "A" e "B", Turismo 1.600 "I" e "C", Turismo 5000 (Omega, Opala e Dodge), Fusca Velocidade "A" e Light, Super Chevy "A" e "B", e, Auto Cross. O evento contará com o patrocínio da Militec-1, Pelikano e Toyota Barigui, o apoio da Monster Energy, Só Carrão, Auto Peças Kobber, Alvo Plotagens, CSM Comércio, Sítio Bela Vista e Piteco Park, com supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPrA).

Durante as tomadas de tempos, realizadas no sábado, os três primeiros por categoria foram:

Auto Cross:
1.º) Alisson Marçal, 1min01s618;
2.º) Luiz Camargo, 1min04s862;
3.º) Rafael Schuhli, 1min05s253.

Super Chevy "B":
1.º) Lucas Machado, 1min06s866;
2.º) Erondi Fagundes Jr, 1min07s625;
3.º) Brendon Gabardo, 1min09s178.

Super Chevy "A":
1.º) Hamilton Morsch, 1min07s169;
2.º) Flávio Mendes, 1min08s300;
3.º) Cleverson Petrich, 1min08s876.

Turismo 1600 "C":
1.º) Diego Lino, 1min02s385;
2.º) Richardson Andrade, 1min12s155;
3.º) Mateus Prado, 1min14s346.

Turismo 1600 "I":
1.º) Pietro Wegbecher, 1min04s308;
2.º) Geovane Ciesielski, 1min05s407;
3.º) Carlos Kavilhuka, 1min05s438.

Auto Cross "A":
1.º) Carlos Eduardo, 1min04s852;
2.º) Juliano dos Anjos, 1min04s991;
3.º) Douglas Rodrigues, 1min05s006.

Auto Cross Light:
1.º) Thiago Andolhe, 1min09s400;
2.º) Marcos, 1min12s434;
3.º) Alexandre, 1min13s931.

Marcas "A":
1.º) Gian Gans, 1min01s403;
2.º) Leonardo Kovalski, 1min01s824;
3.º) Gefferson de Lima, 1min01s995.

Marcas "B":
1.º) João Stabach, 1min02s789;
2.º) Ricardo Pamplona, 1min04s768;
3.º) Wilson Kavilhuka, 1min05s054.

Turismo 5000 Omega:
1.º) Willian Frederico, 59s639;
2.º) José Franzoi, 1min00s824;
3.º) Marcelo Tatschi, 1min00s999.

Turismo 5000 Opala:
1.º) Márcio Chimentão, 1min04s628;
2.º) Brendon Gabardo, 1min06s239;
3.º) Frederico Neto, 1min06s432.

Auto Cross

A categoria Auto Cross foi a primeira a ir para a pista, no sábado, reunindo quatro participantes, que se esforçaram para fazer bonito nessa primeira bateria. O pole position Alisson Marçal manteve a primeira posição na largada, seguido de perto por Luiz Camargo, Rafael Schuhli e Debrair Pinheiro. Mas logo na primeira volta, o carro de Luiz Camargo teve problemas técnicos e o piloto abandonou a prova. A corrida foi se desenvolvendo e os carros se espalharam na pista. Ao fim de 15 voltas, a vitória foi de Alisson Marçal, com o tempo de 15min35s902, seguido de Rafael Schuhli, a 18s569, e, Debrair Pinheiro, a uma volta.

Na segunda bateria, mais uma vez o domínio foi de Alisson Marçal, que largou na pole position e liderou até a 15.ª volta, quando teve problemas no seu fórmula e foi ultrapassado por Rafael Schuhli. Luiz Camargo não teve sorte novamente e quebrou na primeira volta. E Rafael Schuhli travou bom duelo com Debrair Pinheiro pela segunda posição. Schuhli foi o segundo até a quinta volta e Pinheiro assumiu o segundo lugar na sexta volta, onde ficou até a 12.ª passagem, quando foi superado novamente por Schuhli. Depois de 16 voltas, a vitória foi de Rafael Schuhli, com tempo de 18min50s296, tendo Alisson Marçal em segundo, a 8s286, e, Debrair Pinheiro em terceiro, a 42s615.

Final:

1.º) Alisson Marçal, 36 pontos;
2.º) Rafael Schuhli, 35;
3.º) Debrair Pinheiro, 24.

Super Chevy

Com o maior grid da etapa, com 26 carros, as categorias Super Chevy foram para a pista querendo dar seu show costumeiro, com bons pegas e muitas ultrapassagens, na primeira bateria realizada no sábado. O pole position Lucas Machado perdeu a liderança na primeira volta para Hamilton Morsch da categoria "A", que não perdeu mais a primeira posição. Cleverson Petrich assumiu a segunda posição na 10.ª volta. A prova teve ainda duas intervenções do safety car, para a retirada de carros acidentados. Após 10 voltas, a vitória na Geral e na Super Chevy "A" foi de Hamilton Morsch, com o tempo total de 14min08s591, com Cleverson Petrich em segundo, a 1s643, e, Ricardo Smanhoto em terceiro, a 5s729. Na Super Chevy "B" a vitória foi de Lucas Machado, com o tempo de 14min11s359, vindo a seguir Brendon Gabardo, 0s860, e, Edson Pilatti, a 1s006.

Hamilton Morsch largou mais uma vez na pole position da segunda bateria da Super Chevy e venceu de ponta a ponta, sem ser incomodado por seus adversários. Destaque para Pedro dos Santos, que largou da 12.ª posição e recebeu a bandeirada final em segundo lugar. Bruno Lopes capotou logo após a largada, mas sem problemas para o piloto, que saiu andando do carro. Ao fim de 18 voltas, a vitória na Geral e na Super Chevy "A" foi de Hamilton Morsch, com tempo total de 20min39s335, tendo Pedro dos Santos em segundo, a 13s853, e, Cleverson Petrich em terceiro, a 33s827. Na Super Chevy "B" a vitória foi de Brendon Gabardo, com tempo de 21min24s999, seguido de Lucas Machado, a 4s697, e, Edson Pilatti, a uma volta.

Final:

Super Chevy "A":
1.º) Hamilton Morsch, 41 pontos;
2.º) Cleverson Petrich, 27;
3.º) Pedro dos Santos, 21.

Super Chevy "B":
1.º) Lucas Machado, 36;
2.º) Brendon Gabardo, 35;
3.º) Edson Pilatti, 24.

Turismo 1600

Na primeira bateria das categorias Turismo 1600, no sábado, o pole position Diego Lino manteve a liderança até a bandeirada final, seguido de Pietro Wegbecher e Geovane Ciesielski. Mateus Prado e Antonio Carvalho quebraram com seis voltas, e, Norival Kavilhuka abandonou a corridas após oito voltas. Depois de 14 voltas, a vitória na Geral e na categoria Turismo 1600 "C" foi de Diego Lino, com tempo total de 15min13s112, vindo a seguir de Leandro dos Santos, a 47s857, e, Richardson Andrade, a uma volta. Na Turismo 1600 "I", a vitória foi de Pietro Wegbecher, com o tempo de 15min25s228, tendo Geovane Ciesielski em segundo, a 6s812, e, Carlos Kavilhuka em terceiro, a 25s293.

Largando na pole position novamente, Diego Lino faturou também a segunda bateria da Turismo 1600, vencendo de ponta a ponta, na Geral e na Categoria "C". Nessa prova tivemos quatro quebras, com Mateus Prado na quarta volta, Richardson Andrade e Carlos Kavilhuka na sexta volta, e, Pietro Wegbecher na 12.ª volta. Após 17 voltas o vitória na Geral e na Turismo 1600 "C" foi de Diego Lino, com tempo de 18min21s527, com Leandro dos Santos em segundo, a uma volta. Na Turismo 1600 "I", a vitória foi de Geovane Ciesielski, com tempo de 18min32s874, seguido de Antonio Carvalho, a 19s284, e, Denizard dos Santos, a uma volta.

Final:

Turismo 1600 "C":
1.º) Diego Lino, 41 pontos;
2.º) Leandro dos Santos, 30;
3.º) Richardson Andrade, 12.

Turismo 1600 "I":
1.º) Geovane Ciesielski, 35;
2.º) Pietro Wegbecher, 29;
3.º) Antonio Carvalho, 15.

Fusca Velocidade

A primeira bateria da Fusca Velocidade foi realizada no domingo de manhã, às 9 horas, reunindo 13 carros. Carlos Eduardo que largou na pole position manteve a liderança até a sétima volta, e, na volta seguinte foi superado por Juliano dos Anjos, que a manteve até a bandeirada final. Apenas o carro de Nickolas Lima abandonou a corrida com ima volta e não completou 75% da prova. Ao fim de 18 voltas, a vitória na Geral e na Fusca Velocidade "A" foi de Juliano dos Anjos, com tempo total de 20min14s458, com Carlos Eduardo em segundo, a 4s468, e, Fabiano dos Anjos em terceiro, a 1min02s776. Na Fusca Velocidade Light a vitória foi de Marcos, com tempo total de 20min28s807, seguido de Thiago Andolhe, a 2s757, e, Alexandre, a três voltas.

Na segunda bateria, o pole position Juliano dos Anjos perdeu a liderança na largada para Carlos Eduardo, que a manteve até a 12.ª volta, pois na volta seguinte quebrou o carro e abandonou a corrida. Nessa prova quatro carros não completaram 75% da prova, Marcos, Alexandre, Maycon e Nickolas Lima. Depois de 16 voltas, a vitória na Geral e na Fusca Velocidade "A" foi de Juliano dos Anjos, com tempo de 18min09s435, vindo a seguir Douglas Rodrigues, a 25s854, e, Fabiano dos Anjos, a 26s462. Na Fusca Velocidade Light a vitória foi de Thiago Andolhe, com tempo de 19min00s243.

Final:

Fusca Velocidade "A":
1.º) Juliano dos Anjos, 40 pontos;
2.º) Fabiano dos Anjos, 24;
3.º) Douglas Rodrigues, 21.

Fusca Velocidade Light:
1.º) Thiago Andolhe, 36;
2.º) Macos, 20;
3.º) Alexandre, 12.

Marcas

Os 12 participantes das categorias Marcas foram para a primeira bateria às 9h44 de domingo, com boa expectativa de mais uma bela corrida e os pilotos deram show de pilotagem. O pole position Gian Gans teve problemas técnicos e teve que largar dos boxes, com isso Leonardo Kovalski liderou de ponta a ponta, mas com boa disputa pela liderança com Gefferson de Lima, enquanto Stive Tokarski superava Arlei Tucholski e Juca Lisboa vinha numa boa prova de recuperação. Após 20 voltas, a vitória na Geral e na Marcas "A" foi de Leonardo Kovalski, com tempo de 20min40s416, com Gefferson de Lima em segundo, a 4s101, e, Stive Tokarski em terceiro, a 4s314. Na Marcas "B" a vitória foi de Arlei Tucholski, com tempo de 21min09s056, seguido de Wilson Kavilhuka, a 28s636, e, Ricardo Pamplona, a uma volta.

A segunda bateria das categorias Marcas também foi muito movimentada, onde os três primeiros se mantiveram em suas posições, com um pouco de disputa no início da prova. Destaque para Gian Gans, que largou da décima posição e chegou em quarto lugar na Geral. Depois de 17 voltas, a vitória na Geral e na Marcas "A" foi novamente de Leonardo Kovalski, com tempo de 17min32s681, tendo Gefferson de Lima em segundo, a 2s006, e, Stive Tokarski em terceiro, a 4s323. Na Marcas "B" a vitória foi de Cláudio Tucholski, com tempo de 18min31s625, vindo a seguir Wilson Kavilhuka, a 2s347, e, João Stabach, a uma volta.

Final:

Marcas "A":
1.º) Leonardo Kovalski, 40 pontos;
2.º) Gefferson de Lima, 30;
3.º) Stive Tokarski, 24.

Marcas "B":
1.º) Arlei/Cláudio Tucholski, 40;
2.º) Wilson Kavilhuka, 30;
3.º) João Stabach, 13.

Turismo 5000

Para a alegria do publico presente ao Autódromo de São José dos Pinhais, as categorias Turismo 5000 deram show na pista, com os Omegas (4), Opalas (5) e Dojão (1) sendo os mais rápidos de todas as categorias. A primeira bateria foi realizada às 10h18 deste domingo, com o Opala de Willian Frederico largando na frente e vencendo de ponta a ponta, mas recebendo uma pressão no início do Omega de José Franzoi. Ao fim de 19 voltas, a vitória foi de Willian Frederico, com o tempo de 19min18s980, seguido de José Franzoi, a 14s384, e, Paulo Stelle, a uma volta.

Na segunda bateria da Turismo 5000, José Franzoi assumiu a liderança na largada da prova e liderou por duas voltas, mas o Opala de Frederico estava muito forte e na terceira volta reassumiu a liderança para não mais perdê-la. Na volta seguinte Marcelo Tatschi também superou Franzoi, assumindo o segundo lugar. Depois de 18 voltas, nova vitória de Willian Frederico, com o tempo de 18min28s371, tendo Marcelo Tatschi em segundo, a 11s778, e, José Franzoi em terceiro, a 12s321.

Final:

Opala:
1.º) Willian Frederico, 41 pontos;
2.º) Brendon Gabardo, 30;
3.º) Márcio Chimentão, 12.

Omega:
1.º) José Franzoi, 36;
2.º) Marcelo Tatschi, 30;
3.º) Paulo Stelle, 27.

A segunda etapa do Metropolitano de Velocidade na Terra de São José dos Pinhais está marcada para os dias 22 e 23 de junho.

Notícias

Página inicial