Motor On Line
Notícias-

Kart: Academia Shell Racing acelera em Interlagos na Copa SP Light
Reportagem: Luis Ferrari
Foto: Bruno Gorski
Gabriel Crepaldi, Richard Annunziata e Aurélia Nobels competem neste fim de semana em São Paulo.

A Academia Shell Racing volta às pistas para a disputa da quarta etapa da Copa SP Light de kart com Gabriel Crepaldi, Richard Annunziata e Aurélia Nobels como representantes. A disputa acontece neste sábado (4), no kartódromo de Interlagos. Com outros compromissos, Lucas Staico desfalca a equipe nesta rodada.

Gabriel Crepaldi entra na pista com o objetivo de faturar a primeira vitória do ano. O piloto de 14 anos tem obtido um bom desempenho em sua temporada de estreia na categoria Graduados. Com 15 pontos, ele ocupa a terceira posição na tabela de pilotos e está confiante em repetir a boa atuação na etapa de abertura, também realizada em Interlagos, para se aproximar da liderança da competição.

Richard Annunziata aparece imediatamente atrás do seu companheiro de Academia Shell na classificação do campeonato. O piloto paulista, que também compete na classe Graduados, aparece na quarta colocação, com 14 pontos e espera obter um desempenho melhor que o da última etapa. Sem conhecer o traçado, o competidor de 17 anos vai utilizar os treinos para se adaptar o mais rápido possível e buscar pontos importantes para o campeonato.

Pela classe Júnior Menor, Aurélia Nobels torce para se livrar dos problemas das três primeiras etapas. Após ser tirada da prova nas duas primeiras rodadas e enfrentar problemas no kart #107 no último encontro, a primeira mulher da Academia Shell espera finalmente ter uma etapa tranquila e marcar seus primeiros pontos na temporada. Vale destacar que esta é apenas a segunda temporada da piloto em competições de kart.

Os treinos livres acontecem na sexta-feira (3) com o treino classificatório e as corridas ocorrendo no sábado (4).

O que eles disseram:

"Minha expectativa para esse fim de semana é muito boa, já que tivemos um ótimo resultado na abertura do campeonato que também ocorreu em Interlagos. Tivemos bons resultados nas três primeiras etapas e por isso estou bem confiante. Vou dar o meu melhor e espero conseguir conquistar minha primeira vitória na categoria Graduados, além de somar bons pontos para o campeonato e conseguir uma vaga para a categoria CODASUR no Campoenato Brasileiro.”

Gabriel Crepaldi

“Como é um traçado que nunca andei, o desafio vai ser maior. Terei que me adaptar bem rápido nos treinos de quinta e sexta. Mesmo sabendo as dificuldades, estou focado em conseguir melhorar meu desempenho em relação da última etapa e me adaptar o mais rápido possível ao traçado. Quero estar sempre na frente e conseguir marcar bons pontos para o campeonato. É isso".

Richard Annunziata

“Estou confiante. Na primeira etapa tive um bom desempenho, estava muito rápida.Consegui largar em sétimo lugar mas acabei sendo tocada. Vou em busca dos pontos e do pódio nesta etapa. Essa é minha expectativa”

Aurélia Nobels

“A expectativa pra essa corrida é boa. Tivemos alguns problemas na Aldeia, não conseguimos o melhor conjunto. A Aldeia hoje está com um asfalto muito deteriorado, então o desgaste de pneu foi muito grande. Os meninos da Graduados estão super rápidos, falta encaixar a corrida. Se eu não me engano, nós temos as melhores voltas de corrida, na Graduados, tanto com o Gabriel quanto com o Richard, isso mostra que estamos rápidos. E quanto à Aurélia, também é a mesma coisa. Tá sempre entre os cinco mais rápidos nos treinos, mas acabou sendo atrapalhada em um treino, no outro quebrou a borboleta do carburador. Vir de trás, em uma categoria com quase 30 karts no grid, complica um pouquinho. É isso, estou com a expectativa muito boa. A nova geração está arrebentando. Um trabalho que só temos que agradecer a Shell e a Raízen, por esse apoio imenso ao automobilismo brasileiro. Vamos que vamos, Shell Racing na cabeça".

Onassis de Souza, chefe de equipe

Sobre a Raízen:

A Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil, se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 26 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,0 bilhões de litros de etanol por ano, 4,2 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 67 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 6.000 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

Notícias

Página inicial