Motor On Line
Notícias-

Stock Car: Prati-Donaduzzi busca mais pontos no VeloCittà
Reportagem: Rafaella Malucelli
Foto: Rodrigo Guimarães
Tabloid Comunicação
Julio Campos está entre os dez melhores do campeonato; e Valdeno Brito mantém otimismo.

Com rodada dupla (duas corridas no mesmo dia) e programação reduzida (treinos somente no sábado), a segunda etapa da temporada da Stock Car, marcada para este fim de semana no VeloCittà, em Mogi Guaçu, SP, traz um novo desafio para as equipes. Carros e pilotos serão bem mais exigidos e a equipe Prati-Donaduzzi aposta no expertise do time chefiado por Rodolpho Mattheis para buscar bons resultados.

"Voltaremos ao formato de rodada dupla e agora ainda há uma programação reduzida. Isso muda um pouco a dinâmica de estratégia e do acerto de carro, porque o desgaste de pneus e combustível é maior. É hora de pensar em matemática para podermos colher o máximo possível de pontos. VeloCittà é uma pista onde vejo similaridades com o Velopark então acredito que teremos uma boa performance. Ano passado, o Julio foi um dos maiores pontuadores nessa pista (dois quintos lugares)", conta Rodolpho Mattheis.

Julio quer pontos com foco no título e Valdeno terá recomeço

Terceiro colocado na temporada de 2018, Julio Campos aplicou no Velopark uma de suas principais características: a regularidade. Agora, espera ainda mais no VeloCittà. "A primeira corrida foi muito boa, muitas novidades foram bem vindas e tivemos um avanço muito grande no carro. Agora, é concretizar isso no VeloCittà. Nos treinos, vamos entender melhor onde estamos, mas eu tenho um feeling de que o carro está bom e vamos ser muito fortes o ano inteiro. Queremos começar a fazer os pontos que a gente necessita para disputar o título e não ficar devendo nada para o fim da temporada", avalia o piloto.

Para Valdeno Brito, será um recomeço na temporada 2019. O piloto paraibano que reestreia na equipe Prati-Donaduzzi em 2019 teve dificuldades na primeira etapa devido a um acidente nos treinos. O chassi passou por um processo de reconstrução e o carro foi 100% desmontado.

"Depois do que houve na primeira etapa, eu considero que, pra mim, vai ser o real início da temporada. O carro foi todo refeito. Pelo menos no que pude andar na chuva no Velopark, eu estava rápido, era o melhor do meu grupo. Então, a expectativa é que seja uma etapa muito positiva. Estou animado, sei do que a equipe é capaz, já foi provado que os carros começaram rápidos esse ano, então vamos com gás total para um ótimo resultado", comenta o piloto.

Sobre a Prati-Donaduzzi

A Prati-Donaduzzi, indústria farmacêutica 100% nacional é especializada no desenvolvimento e produção de medicamentos genéricos. Com sede em Toledo, oeste do Paraná, produz, aproximadamente 11,5 bilhões de doses terapêuticas por ano e gera mais 4,2 mil empregos. A indústria possui um dos maiores portfólios de medicamentos genéricos do Brasil e pretende incrementar em 15% seu faturamento e capacidade produtiva em 2019.

Notícias

Página inicial