Motor On Line
Notícias-

Kart: Corbellini venceu as 500 Milhas GV na categoria B em sua estreia
Reportagem: Erno Drehmer
Foto: Josť Mario Dias
KGCom
Piloto carioca integrou a equipe G Drive e foi um dos principais destaques.

Campeão brasileiro de kart em 2017, o carioca João Renato Corbellini viveu fortes emoções no último domingo (2) no Kartódromo Granja Viana, em Cotia (SP). Integrando um time de estrelas internacionais, dentre elas Roberto Mehri, ex-piloto de Fórmula 1 e atual Fórmula 2, o jovem piloto sagrou-se vencedor das 500 Milhas Granja Viana, na categoria B, em sua estreia na competição.

A primeira participação de João Renato Corbellini na famosa 500 Milhas Granja Viana se deu por acaso. Precisando fazer uma prova para uma faculdade americana em São Paulo na sexta-feira, o piloto do Rio de Janeiro resolveu dar aquela tradicional chegada ao kartódromo para conferir de perto as movimentações e acabou convidado a participar por Evandro Camargo, seu chefe de equipe na Camargo Racing.

Em seu primeiro contato com um dos quatro karts da equipe G Drive, Corbellini ajudou no acerto do equipamento, que acabaria fazendo a pole position dentre os 65 times que competiam, com Roberto Mehri no kart 8. Fazendo parte da tripulação do kart 88, João Renato passou a competir na categoria B após sua equipe ficar apenas na 41ª posição no grid de largada. Os primeiros 20 passaram, então, a integrar a categoria A das 500 Milhas.

João Renato Corbellini foi o segundo piloto a guiar o #888 nas 500 Milhas Granja Viana e, após entrar na pista em 55º em função de uma batida do piloto anterior, devolveu o kart ao próximo companheiro em 20º, depois de superar 35 equipes ao longo de seu turno de pilotagem e de fazer um turno de pilotagem mais longo do que o previsto (1 hora e 40 minutos), exatamente por estar muito rápido na pista.

Ao fim das 647 voltas realizadas, o kart 888 da G Drive recebeu a bandeirada na 7ª posição, a 5 voltas do time vencedor, o AM Com Racing. E, dentre as equipes da categoria B, o G Drive IV de João Renato Corbellini e seus companheiros Daniel Suarez (Nascar), Gustavo Yacamán (IMSA) e Roman Rusinov (LMP2), se sagrou vencedor.

“Foi uma experiência inédita e fantástica”, resume Corbellini. “Consegui aproveitar muito bem este convite de última hora e agradeço ao Camargo e à equipe G Drive por isso. O evento é muito legal e, mesmo sendo bem diferente dos que costumo disputar, aprendi muito. E, é claro, pude comemorar uma vitória inédita, conquistada com muito suor e dedicação de todos”, comemora o piloto, que teve também como companheiros na G Drive os pilotos Beto Monteiro (Copa Truck) e Félix Porteiro (ex-FIA Touring Car).

Notícias

Página inicial