Motor On Line
Notícias-

Kart: Vinícius Tessaro disputa o Rotax Max Finals pela segunda vez consecutiva
Reportagem: Erno Drehmer
Foto: Flávio Quick
KGCom
Brasiliense competiu em Las Vegas e buscava o bicampeonato de um dos maiores eventos de kart do mundo.

Em busca do bicampeonato de um dos eventos mais importantes do kartismo mundial, o jovem Vinícius Tessaro, de apenas 11 anos, disputou na última semana a 22ª edição do SKUSA Supernationals. A tradicional competição, regularmente realizada em Las Vegas, nos Estados Unidos, reuniu 533 pilotos do mundo inteiro, seu novo recorde de participantes.

Campeão do SKUSA em 2016 na categoria Micro Swift, o piloto de Brasília (DF) desta vez competiu na Mini Swift, agora pela equipe norte-americana Benik, mas sempre acompanhado do preparador Cláudio Dantas, o “Sabiá”.

A semana foi de muito trabalho para o piloto e sua equipe em busca da preparação ideal, mas mesmo assim Vinícius Tessaro não foi muito bem durante os treinos. Adaptando-se ao traçado e enfrentando as dificuldades de acerto no kart, o brasiliense recuperou-se na tomada de tempos e garantiu o 7º lugar, sendo o quarto colocado em seu grupo.

Vinícius Tessaro teve resultados diversos nas três provas classificatórias, as “heats”, sendo o principal deles um terceiro lugar, que, somado a um 6º e a um 12º, lhe permitiu largar em 11º na grande e decisiva final. “Tivemos bons momentos nas ‘heats’, quando o Vinícius terminou uma em 3º. Na última delas ele estava em 3º novamente, mas o motor começou a aquecer e ele perdeu rendimento”, lembra Rita Tessaro, mãe de Vinícius.

Agora com o equipamento bem acertado, Vinícius Tessaro largou para a final em condições de lutar pelo título. Com uma bela largada, ele logo assumiu o 7º lugar e voltas depois já estava em quinto. Um toque de um concorrente, porém, fez com que o brasiliense caísse para a 14ª posição, perdendo contato com o primeiro pelotão.

Sem se deixar abalar, Vinícius Tessaro voltou a imprimir seu forte ritmo, recuperou quatro posições e marcou a melhor volta da final, terminando em 10º. “O bicampeonato não veio, mas é sempre um grande aprendizado correr nos Estados Unidos, ainda mais no SKUSA, pois o grid é de alto nível. Nosso piloto saiu mais maduro destas disputas e ainda mais preparado para seu próximo compromisso. Agradecemos a todos da equipe Benik, ao Sr. Nik, e ao Sabiá, que não mediram esforços para nos dar um equipamento competitivo. Foi uma grande experiência para o Vinícius”, finaliza Rita Tessaro.

No próximo sábado (24) Vinícius Tessaro inicia a disputa de mais uma competição internacional. No Circuito Paladino, na Paraíba, ele competirá pela segunda vez consecutiva no Rotax Max Finals, o Campeonato Mundial dos motores Rotax, que será realizado pela primeira vez na América do Sul.

Notícias

Página inicial