Motor On Line
Notícias-

Coletta / Iorio e Baptista são os vencedores da 2ª Porsche Junior Program
Reportagem: Luis Ferrari
Foto: Victor Eleutério
Processo seletivo que distribui R$ 900 mil em bolsas para a temporada 2019 teve 23 parâmetros avaliados, por 16 especialistas em quatro dias de atividade.

Após uma ampla bateria de testes com atividades extrapista e a simulação de um fim de semana de etapa no circuito do Velo Città, a segunda edição do Porsche Junior Program coroou Marcel Coletta, Matheus Iorio e Felipe Baptista.

O processo seletivo vai distribuir bolsas para os competidores disputarem a temporada 2019 da Porsche Carrera Cup 3.8. Somados, os benefícios aos três vencedores atingem R$ 900 mil livres de impostos. É a maior premiação do automobilismo brasileiro.

A segunda edição do Junior Program avaliou desde a última quinta-feira 23 parâmetros dos 12 finalistas. Participaram do julgamento dos quesitos 16 especialistas em suas áreas de atuação no esporte a motor. Ao menos uma das vagas era garantida para pilotos egressos do kart, enquanto competidores com experiência em carros de corrida foram classificados em outra divisão.

O ranking de cada dia foi sempre divulgado aos participantes horas depois do término das atividades. O resultado final foi anunciado no pódio menos de uma hora depois da simulação das corridas.

Além das atividades de pista, os pilotos foram submetidos a testes físicos e psicossensoriais, sabatina com patrocinadores, avaliação de especialistas em mídias sociais e uma coletiva de imprensa.

Assim como acontece na categoria dos carros de competição mais produzidos no planeta, o resultado final ilustra a competitividade do processo seletivo. Na lista final os cinco primeiros colocados estão separados por menos de 10 pontos (de um total de 100 possíveis).

Para desenvolver o projeto, a Porsche Cup montou no Velo Città a mesma estrutura de suas etapas regulares, mobilizando 120 profissionais de todas as suas áreas de atuação.

Atração especial da seletiva, o apresentador Ivan Moré, titular do “Globo Esporte” em São Paulo, foi o 13º finalista. Ele realizou rigorosamente as mesmas etapas do processo dos competidores de 15 a 24 anos que competiram pelas bolsas.

O que eles disseram:

“Quatro dias muito intensos. E quando saiu o resultado vi que ganhei por uma margem mínima. Na quinta-feira passada, nos testes físicos, não imaginava que fazendo uma flexão de braço a mais poderia fazer a diferença. E fez. Foi uma diferença de menos de um ponto. Tentei ser consistente nos quatro dias, mas hoje de manhã acabei comentendo um errinho, que, graças a Deus, não me impediu de chegar à vitória”

Marcel Coletta

“Estou muito feliz de ter saído daqui com esse prêmio e pela sensação de dever cumprido. Tive um primeiro dia, de testes físicos, muito, muito complicado. Vim da Europa com uma preparação diferente, onde tinha que estar muito magro e não fazia tantos exercícios preparatórios como achei que seria cobrado. Mas graças a Deus deu tudo certo para reverter tudo nos demais dias, dentro da pista, no comportamental e tudo o que foi avaliado. Foi muito importante participar de uma seletiva que considera tantos quesitos. A Porsche está de parabéns porque além de uma excelente estrutura proporcionou um programa de altíssimo nível. Nunca tinha participado de nada parecido e estou muito grato pela oportunidade”

Matheus Iorio

“Foi muito legal, tivemos quatro dias bem difíceis e complicados. Eu tive sorte na última atividade, já que os pilotos que estavam competindo comigo erraram. Me mantive na pista com um ritmo forte e consegui obter uma boa vantagem. Foi bem difícil, agora vou fazer bom uso desse prêmio”

Felipe Baptista

“Acho que todos os pontos são positivos, essas apropriações deixaram a análise mais transparente. Acho que assim como da outra vez, fica indicado para todo mundo onde foi melhor e pior. Isso serve para os pilotos entenderem qual o seu ponto forte e onde precisam evoluir, já que se trata de jovens talentos que estão sendo desenvolvidos. Fica registrada a marca dos carros da Porsche, com uma base muito boa para nós poder comparar os resultados, já que tivemos diferenças nos milésimos de segundos. Espero que, assim como para nós da Porsche Cup, tenha sido um divisor na carreira desses jovens pilotos. Deu para mostrar que dá pra conviver em harmonia no esporte, estou bem feliz com o resultado”

Dener Pires, promotor da Porsche Cup

Classificação final

1.Marcel Coletta 92,22 pontos
2.Matheus Iorio 91,54
3.Enzo Elias 89,86
4.Murilo Coletta 87,10
5.Felipe Baptista (*) 82,45
6.Pedro Aguiar 78,65
7.Pedro Lopes (*) 76,12
8.Matheus Coletta 75,49
9.Felipe Papazissis (*) 75,10
10.Bruna Tomaselli 72,80
11.Bruno Smielevski (*) 67,51
12.Victor Schoma (*) 65,79
13.Ivan Moré (**) 54,45

(*) Categoria exclusiva para competidores egressos do kart
(**) Convidado especial

Notícias

Página inicial