Motor On Line
Notícias-

Kart: Paturle / Schoma e Lopes os últimos finalistas em Vespasiano MG da Seletiva
Reportagem: F. Gonçalves / B. Paula / C. Scafuro
FGCom
Um mineiro e dois paulistas garantem lugar na 20ª edição da Seletiva de Kart Petrobras.

Foi uma semana intensa, de treinos e corridas no Kartódromo RBC Racing em Vespasiano (MG), para a definição das últimas três vagas da 20ª edição da Seletiva de Kart Petrobras. Mas, depois de muitas disputas acirradas que aconteceram dentro da programação da 20ª edição da Copa Brasil de Kart / Troféu Globo, no último sábado (dia 13) foram definidos os nomes dos três últimos classificados, e são eles: Gabriel Paturle, Victor Schoma e Pedro Lopes. Eles se juntam aos outros nove finalistas para disputar a grande final da Seletiva, nos dias 22 e 23 de outubro, no Kartódromo Granja Viana, em Cotia (SP), em busca da maior premiação do kartismo nacional.

O piloto da ‘casa’ Gabriel Paturle foi um dos destaques da última etapa classificatória. O mineiro andou bem durante toda semana, largou na pole nas três corridas, (nas duas classificatórias e na prova final do sábado) e terminou a última bateria em segundo lugar, conquistando o vice-campeonato da Copa Brasil de Kart. E foi o melhor classificado entre os candidatos às vagas. Aos 18 anos, Paturle vai disputar pela terceira vez a final da Seletiva. Ano passado terminou em sétimo e em 2016 ficou em décimo.

O paulista Victor Schoma precisou driblar as adversidades para conseguir conquistar a vaga. Com problemas na primeira corrida classificatória, na quinta-feira, quando nem conseguiu concluir, o piloto de 17 anos visou uma prova de recuperação na sexta-feira para chegar em quinto lugar. No sábado, concluiu a bateria final em nono e foi o segundo na colocação da Seletiva, já que Pedro Goulart e Lucas Okada, que chegaram à sua frente e também estão dentro dos critérios, já estão classificados. Esta será a segunda participação dele na final. Em 2016 foi o oitavo colocado.

Pedro Lopes surpreendeu no sábado, na disputa da corrida final. Nas corridas classificatórias, realizadas na quinta e sexta-feira, o paulista ficou em décimo e 16º, respectivamente, após sofrer com algumas quebras. Mas na prova final, após largar em 13º, alcançou algumas posições, completou em décimo e entre os que tinham chance de buscar a vaga, foi o terceiro melhor. Pedro Lopes fará sua estreia na final da Seletiva.

O campeão da Seletiva 2018 levará o prêmio de 100 mil reais e o vice 10 mil reais. Além disso, os vencedores participarão de um programa de orientação que inclui testes em equipe de Fórmula 4 na Europa, experiência em simulador de Fórmula 1, teste na Stock Light, avaliação física e psicológica, media training e palestra sobre marketing esportivo.

Resultado da prova final – categoria PGK / Graduados em Vespasiano (Top-10):

1) 48-Lucas Faria Nogueira (FMA), 24 voltas em 21min27s225
2) 80-Gabriel Paturle e Silva (FMA), a 0.919**
3) 28-Andre Nicastro (FADF), a 1.343
4) 119-Pedro Goulart (FGA), a 6.313
5) 212-Alain Sisdeli (FPARN), a 8.439
6) 4-Olin Vieira Galli (FAERJ), a 9.466
7) 17-Lucas Okada (FADF), a 12.684
8) 11-Joaquim Junqueira (FAUGO), a 13.053
9) 107-Victor Schoma (FAEM), a 16.625**
10) 18-Pedro Lopes (FASP), a 16.921**

** Pilotos que podem concorrer às vagas para final da Seletiva

Os 12 finalistas da Seletiva de Kart Petrobras 2018:

Pedro Goulart (RS), 17 anos
Allan Martins Croce (SP), 19 anos
Guilherme Peixoto (SP), 15 anos
Dante Fibra (SP), 16 anos
Nicolas Fliter (SP), 16 anos
Marcos Gonçalves Filho (MA), 16 anos
Enzo Prando (SP), 19 anos
Christian Fliter (SP), 17 anos
Lucas Okada (DF), 18 anos
Gabriel Paturle e Silva (MG), 18 anos
Victor Schoma (SP), 17 anos
Pedro Lopes (SP), 16 anos

Final
22 e 23 de outubro – Cotia (SP)

Seletiva de Kart Petrobras

Criada em 1999, com o patrocínio da Petrobras, a Seletiva tem, em média, aproximadamente 110 pilotos tentando a vaga na final. Em 19 anos, mais de 200 já estiveram na briga pelo título na grande final.

Considerada uma referência entre os kartistas do Brasil, a Seletiva de Kart Petrobras é reconhecida (desde 2001) como evento oficial da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) e da Comissão Nacional de Kart (CNK).

Além da maior premiação em dinheiro do kartismo nacional, a Seletiva de Kart Petrobras contempla seus vencedores com a participação em um programa de orientação de pilotos, que inclui a visita à sede da McLaren, um teste com simulador de F-1 na Europa, teste com monoposto de base também na Europa, com a orientação de um coaching, acompanhamento físico e psicológico, experiência com carros de turismo no Brasil, palestra sobre marketing e media training.

A premiação total - somando todas as ações - chega a aproximadamente 500 mil reais. O campeão recebe 100 mil reais em dinheiro e o vice-campeão 10 mil.

Notícias

Página inicial