Motor On Line
Notícias-

Baś e Carvalho ficam em segundo na Turismo 1.6 I do Metropolitano
Reportagem: Bispo Neto
MRT

A dupla curitibana Beto Baú/Antonio Carvalho (Marumbi Kart Indoor/Pelikano Distribuidora) ficou em segundo lugar no fim de semana (29 e 30/9) na 5.ª etapa do Metropolitano de Curitiba e 3.ª etapa do Paranaense de Velocidade 2018, realizada no Autódromo Ayrton Senna, em Londrina (PR). Pilotando o Gol n.º 32, preparado pela equipe Mig Motorsport, Antonio Carvalho conquistou um segundo lugar na primeira corrida e Beto uma segunda colocação na segunda corrida da categoria Turismo 1.6 “I”. Na Terra Marcas “A”, Beto Baú foi o quinto colocado na primeira e Antonio Carvalho o sétimo na segunda corrida.

Durante o treino classificatório, Beto e Antonio (Marumbi Kart Indoor/Pelikano Distribuidora) marcaram o tempo de 1min33546s844, ficando com a 21.ª posição do grid e em 7.º lugar na Turismo 1.6 “I”. E na Terra Marcas “A”, marcaram o tempo de 1min33s042, ficando em quinto lugar na Geral. Dada a largada para a primeira prova, no sábado de tarde, Antonio Carvalho manteve a posição nas primeiras voltas, depois foi evoluindo na prova, onde chegou a ganhar seis posições na Geral e duas na Turismo 1.6 “I”. Após de 22 voltas, a vitória na Turismo 1.6 “I” foi de Márcio Ymagava, seguido de Caio Botelho em segundo, a 0s419, Alexandre Frankenberger em terceiro, a 16s390, Gabriel Ymagava em quarto, a 21s715, e, Antonio Carvalho em quinto, a 31s504. Na Terra Marcas “A”, Beto Baú fez boa corrida, mantendo a quinta posição do começo ao fim da prova, com grande disputa d terceiro ao quinto colocado. Depois de 17 voltas a vitória foi de Stive Tokarski, vindo a seguir Leonardo Kovalski, a 2s689, Geovane Ciesielski, a 7s444, Gefferson de Lima, a 7s667 e Beto Baú, a 8s579.

Na segunda prova, no domingo de manhã, assumiu o comando do Gol n.º 32 o piloto Beto Baú, que largou bem, manteve o quinto lugar da Turismo 1.6 “I”, nas duas primeiras voltas, pulou para a quarta posição na oitava volta, mas com o título e o vice-campeonato assegurado para a equipe, administrou a posição até a bandeirada final. Após 22 voltas, vitória de Márcio Ymagava, seguido de Gabriel Ymagava, a 5s199, Rômulo Molinari, a 38s128, e, Beto Baú, a 38s472. Na Terra Marcas “A”, Antonio Carvalho largou com muita chuva e foi administrando a tocada, tentando sair das batidas e rodadas dos outros pilotos. Concluiu a proba em sétimo na categoria. Após 13 voltas a vitória foi de Leonardo Kovalski, seguido de Juca Lisboa, a 2s292, Gefferson de Lima, a 7s126, Geovane Ciesielski, a 26s275, Naor Petry, a 27s296, Thiago Brandt, a 52s389, e, Antonio Carvalho, a 59s541.

Somados os pontos das duas provas da categoria Turismo 1.6 “I” na 5.ª etapa do Metropolitano de Curitiba 2017, o resultado final foi o seguinte:

1.º) Rômulo Molinari/Alexandre Frankenberger (PR/SC), 40 pontos;
2.º) Beto Baú/Antonio Carvalho (PR), 30;
3.º) Karl Rauscher (PR), 22; e
4.º) José Pederneiras (PR), 22.

Na 3.ª etapa do Paranaense de Velocidade:

1.º) Márcio Ymagava (PR), 40;
2.º) Gabriel Ymagava (PR), 25;
3.º) Rômulo Molinari / Alexandre Frankenberger (PR/SC), 24; e
4.º) Beto Baú/Antonio Carvalho (PR), 18.

A 6.ª etapa do Metropolitano de Curitiba de Velocidade no Asfalto 2017 está marcada para os dias 20 e 21 de outubro, no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR).

Notícias

Página inicial