Motor On Line
Notícias-

Stock Car: desempenho no Velo Città anima Hero Motorsport para Londrina
Reportagem: R. Siqueira / R. Durante / D. Betting
Foto: Victor Eleutério
BestPR Comunicação
Equipe de Lucas Di Grassi e Bruno Baptista é a única a vencer em todas as etapas do Paraná.

A equipe Hero Motorsport continua a imprimir um forte ritmo na pista. Apesar de alguns problemas terem impedido a briga pela vitória na corrida anterior, disputada no domingo passado (23) no circuito do Velo Città, o time dos pilotos Lucas Di Grassi e Bruno Baptista voltou a se posicionar entre os principais protagonistas das duas provas realizadas no traçado de Mogi Guaçu, no Interior paulista. O desempenho, aliado ao retrospecto do time em Londrina, local da próxima rodada dupla, elevou ainda mais o ânimo da Hero para tentar uma nova vitória na pista paranaense – onde chegou ao degrau mais alto do pódio com Lucas Di Grassi. A Hero é a única equipe a vencer em todos os traçados paranaenses em 2018, com uma vitória também em Curitiba e Cascavel, ambas com Lucas Di Grassi.

No Velo Città, Lucas Di Grassi esteve novamente entre os candidatos à vitória, inclusive entrando no Q3 das tomadas de tempo – trecho final da disputa pela pole que reúne os seis mais rápidos do dia em uma briga direta pelo primeiro lugar. Di Grassi ficou satisfeito com o resultado: “Foi importante chegar ao Q3, por que estar entre os seis primeiros nos daria condição de lutar pelo pódio ou por uma nova vitória”, opinou o piloto da Hero Motorsport. “Poderíamos ter ido melhor do que a terceira fila do grid que obtivemos, mas por algum motivo nossos pneus superaqueceram e com isso perdemos aderência. Nessas condições, acho que chegamos no máximo possível nas tomadas de tempo”, resumiu, lembrando que o calor no Velo Città foi intenso, superando os 30oC, o que afetou diretamente o desempenho dos pneus.

Bruno Baptista enfrentou uma situação inversa à de seu companheiro de equipe. O mais jovem piloto da Stock, de 21 anos, foi obrigado a largar do fundo do pelotão. “Começamos super bem. A cada treino fomos construindo uma performance melhor. A partir do segundo treino livre conseguimos avançar bastante no acerto e quando chegamos ao último treino do sábado atingimos um ótimo nível”, relata ele. “Na classificação, estava bastante otimista mas acabei errando em uma curva e isso prejudicou toda a volta. E me tirou também a chance de ir para o Q2, que era a nossa meta inicial nas tomadas. Foi uma pena, por que estávamos confiantes e realmente rápidos”, conta Bruno, que com o incidente se classificou em 22º.

Na corrida o plano da Hero era que Lucas repetisse a estratégia de suas vitórias anteriores: seguir no ritmo do pelotão de frente e, aos poucos, ir galgando posições. “O carro tinha um bom ritmo e acho que o pódio era uma realidade nas duas provas. Pena que tivemos problemas nos dois pit stops. No primeiro, o carro morreu logo que fui liberado – mas mesmo assim terminei em quinto. E, no segunda prova, tivemos um toque com outro carro quando estava na pista de rolagem, saindo do pit stop. A batida danificou os triângulos de suspensão e a ponta de eixo, que segura a roda, e me tirou da prova. São coisas que acontecem. O importante é que formos competitivos de novo e vamos trabalhar para melhorar nossa performance em cada detalhe. Tudo é importante em uma corrida e nossa meta é repetir o sucesso que já tivemos em Londrina, local da próxima rodada dupla”, conta Di Grassi.

Mesmo largando do fundo do grid, Bruno Baptista novamente mostrou por que é considerado uma das promessas da categoria já em sua temporada de estreia: “Larguei bem nas duas corridas e o carro estava bastante competitivo. O meu ritmo era forte, na mesma balada que o pelotão da frente. Mas infelizmente no Velo Città há pouquíssimos pontos de ultrapassagem. Na primeira prova larguei em 22º e cheguei em 15º – mas tenho certeza que poderia chegar mais na frente e pontuar melhor se a pista permitisse. Na segunda corrida largamos de 15º e chegamos em nono. Considerando isso, acho que foi um bom final de semana. As duas corridas mostraram que continuamos bem fortes em termos de qualidade de acerto e ritmo de prova. Londrina que nos aguarde”, resumiu o jovem representante da Hero Motorsport.

A rodada dupla de Londrina será realizada no dia 21 de outubro, novamente com transmissão ao vivo das tomadas de tempo e corrida pelo Sportv.

Notícias

Página inicial