Motor On Line
Notícias-

Di Mauro sai em 3º e Kaesemodel larga em 7º no Porsche no Velo Città
Reportagem: Paulo Giamarusti
Foto: Luca Bassani
Pilotos da Academia Shell Racing têm dia agitado, com classificações bastante atrasadas e disputadas ao anoitecer em Mogi-Guaçu.

A sexta-feira de atividades para os pilotos da Academia Shell Racing na etapa do Velo Città da Porsche Carrera Cup Sprint foi bastante tumultuada devido à chuva que caiu em Mogi Guaçu (SP). Depois dos treinos livres, choveu muito à tarde e as classificações foram disputadas ao anoitecer.

Lico Kaesemodel, que disputa ponto a ponto o título da categoria Carrera Cup 4.0, ficou com a sétima posição num treino com a pista ainda secando, mas ainda muito traiçoeira fora da trajetória ideal, e sem luz natural.

Já o paulista Gaetano di Mauro, uma semana após o quarto lugar no Mundial de kart da classe KZ2 na Bélgica, voltou às pistas com o terceiro lugar na Carrera Cup 3.8, a 0s643 da pole position.

No campeonato, os pilotos da Academia Shell Racing lideram se forem considerados os descartes dos dois piores resultados, como manda o regulamento. Sem os descartes, Lico é o quarto na Carrera Cup 4.0 com 112 pontos, dez a menos do que o líder, enquanto Gaetano tem 127 pontos e é o vice-líder, a seis pontos do topo na 3.8.

A dupla da Academia Shell Racing volta ao Velo Città às 11h15 (de Brasília) deste sábado para a primeira prova da rodada dupla. À tarde, às 16h, será realizada a segunda corrida. A transmissão das corridas será do SporTV2.

O que eles disseram:

“Foi muito complicado, a pista já estava quase seca e sabíamos que só viria o tempo na primeira volta na segunda, por mais que eu tentasse ser mais agressivo, não conseguiria. E acho que tive muito cuidado nas freadas, principalmente nos trechos dois e três. Mas não da pra desistir, já tive oportunidades de largar lá atrás e vencer. Como já havia dito, vim aqui para pontuar bem e ainda estou com esse pensamento, de ser o maior pontuador da etapa. Está um pouco mais complicado, mas estou confiante que posso conseguir”

Lico Kaesemodel

“Foi bem diferente. Essa pista é bem travada, bem difícil de acertar. No seco estávamos bem, a chuva pegou a gente um pouco de surpresa. Eu ainda não me encontrei, acho que não achamos o setup up ideal para o carro. è isso aí, classifiquei em terceiro, na frente de quem tinha que classificar e temos que pensar no campeonato. Estou na frente do Vitor e ele é o líder do campeonato, agora é pensar em amanhã e pensar em correr pro campeonato não só pro fim de semana”.

Gaetano di Mauro

Sobre a Raízen:

A Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil, se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 26 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,0 bilhões de litros de etanol por ano, 4,2 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 67 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 6.000 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

Notícias

Página inicial