Motor On Line
Notícias-

Kart: na Bélgica Gaetano di Mauro corre o Mundial contra 104 adversários
Reportagem: Luis Ferrari
Foto: Victor Eleutério
Representante da Academia Shell Racing é o único brasileiro do grid da classe KZ2, para karts com marcha.

Tetracampeão brasileiro de kart na classe Shifter, vice-campeão do Brasileiro de Turismo e segundo colocado no campeonato da Porsche Carrera Cup 3.8, Gaetano di Mauro busca nesta semana mais uma marca para seu laureado currículo. O representante da Academia Shell Racing é o único piloto brasileiro inscrito na classe KZ2 do Campeonato Mundial de Kart, que acontece em Genk (Bélgica) com as atividades oficiais a partir desta sexta-feira.

A categoria, para karts com marchas, é a mais concorrida da primeira semana do principal evento do kartismo no planeta. São nada menos que 105 pilotos inscritos.

Di Mauro leva as cores da Shell no kart #167 e compete pelo time da fábrica da CRG.

Ele terá concorrência fortíssima, de pilotos profissionais com dedicação exclusiva ao kart, entre eles o atual detentor do título e seus cinco principais oponentes no Campeonato Europeu da FIA.

As atividades oficiais na seletiva pista de 1.360m começam nesta sexta-feira, com três sessões de treinos livres e o classificatório. O desempenho no quali vai indicar os pilotos para os seis grupos que compõem as baterias classificatórias. Entre a manhã de sábado e a manhã de domingo, cada piloto realiza cinco corridas classificatórias envolvendo dois grupos e vai somando pontos. Os 34 mais bem classificados no ranking geral entram na final, que vai apurar o campeão mundial na tarde de domingo.

As provas do principal campeonato de kart do mundo são transmitidas ao vivo pelo site www.cikfia.tv

O que ele disse:

“Vai ser uma experiência inédita. Nunca fiz o Mundial da CIK FIA, que é o maior campeonato que existe. Fizemos uns dias de teste na Itália para tentar colocar tudo no máximo da performance. Vou concorrer contra adversários que trabalham o ano inteiro desenvolvendo seus equipamentos e eu venho para esta prova apenas, então o desafio é bem grande e animador. Tenho certeza que vai ser um belo campeonato, estou 100% focado e quero representar bem a Shell ao longo da semana inteira”

Gaetano di Mauro

Sobre a Raízen:

A Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil, se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 26 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,0 bilhões de litros de etanol por ano, 4,2 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 67 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 6.000 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

Notícias

Página inicial