Motor On Line
Notícias-

Rally: Trancos e Barrancos é vice nas categorias Master e Turismo do Sertões
Reportagem: Aline Ben da Costa
Foto: Michael Oliveira
Comunicação 4x4
Equipe comemorou as conquistas em seu terceiro ano participando da modalidade de Regularidade.

Em sua terceira participação no Rally dos Sertões, a equipe Trancos e Barrancos comemorou mais dois vice-campeonatos na modalidade Regularidade. Em 2017, a equipe já havia conquistado o segundo lugar na categoria Graduados e neste ano foi a vez dos pilotos e navegadores serem vice-campeões na Master e na Turismo. Na 26º edição da competição, a Trancos e Barrancos participou com sete carros no Regularidade e um UTV no Cross Country, reunindo competidores do Rio Grande do Sul e do Ceará.

Após mais de 3,6 mil quilômetros entre Goiânia (GO) e Fortaleza (CE), o piloto Onofre Campos e o navegador Renan Fêlix puderam comemorar o vice-campeonato pela categoria Master, a mais difícil do Rally dos Sertões na modalidade Regularidade. Na Turismo, o piloto Giovani Mello e o seu filho, o navegador Pedro Mello, também ficaram em segundo lugar na classificação geral. “O Onofre andou muito! Nunca tínhamos corrido juntos, sequer treinado, e ganhamos uma prova no terceiro dia em meio a uma plantação de algodão que era muito rápida. Ele dominava o carro com habilidade e fazíamos curvas de lado, são lembranças que não esquecerei”, comenta Renan.

A equipe ainda contou com o piloto Milton Dresch e o navegador Alexandre Rech, vice-campeões no ano passado, chegando na terceira colocação na Graduados em 2018. Na mesma categoria, o piloto Marcos José dos Santos e o navegador Leonardo Lenine terminaram a competição em quarto. “O Sertões pra mim é uma aventura daquelas inesquecíveis. O ano passado foi ótimo. Esse ano não foi tão bom em resultado, mas foi ótimo na parceria com os cearenses que se juntaram conosco do Rio Grande do Sul”, conta Milton.

Na Turismo, a equipe ainda conquistou o terceiro, o quarto e o quinto lugares com as duplas Cláudio Ferreira e Landerson Carvalho, Alisson Baima e Rubens Torres, e Mirela Starhan e Jeteni Boeira. "Para quem tem vontade de ir e ainda não foi, saiba que é uma experiência única. Percorremos mais de três mil quilômetros em todo tipo de terreno e enfrentamos 60 horas de prova no total. Chegar ao final já é a maior vitória”, afirma Cláudio.

Todas as duplas da equipe na categoria Turismo estavam participando pela primeira vez do Rally dos Sertões. “É impossível não lembrar a emoção que senti ao receber o convite para me integrar a Trancos e Barrancos. Tudo só cresceu, a vontade de participar, o esforço para preparar o carro, o corpo, a mente e a família. A Mirela de hoje é uma Mirela muito melhor, que quer um mundo melhor, que aprendeu que às vezes perder é ganhar e que se pudesse carregava todos que fizeram parte desta equipe nos braços, assim como me senti quando subi ao pódio”, se emociona a piloto da Turismo.

Estreia nos UTVs

A 26º edição do Rally dos Sertões também marcou a estreia da equipe no Cross Country. O piloto Roberto Keller e o navegador Tiago Poisl competiram pela primeira vez juntos levando a Trancos e Barrancos para o rally de velocidade. Pela categoria PRO Turbo, a dupla encerrou a prova com o 19º lugar na modalidade que mais cresce na competição e que teve o título mais disputado em 2018.

O 26º Rally dos Sertões aconteceu entre os dias 18 e 25 de agosto, com largada em Goiânia e chegada em Fortaleza. Foram percorridos 3.607 quilômetros em sete dias de prova. Em 2019 o roteiro já foi divulgado e a competição vai acontecer entre as cidades de Campo Grande (MS) e Goiânia (GO), passando pelo deserto do Jalapão. A Trancos & Barrancos competiu neste ano com patrocínio de Valvoline, Tecfil, Marr Sul Power Sports, Filtrobom, Nordeste 4x4, DENIM1, Jeteni Rally Services, Dentalweb, Brava e Microcity.

Notícias

Página inicial