Motor On Line
Notícias-

Stock Car: Pizzonia faz a melhor volta em Campo Grande
Reportagem: Rafaella Malucelli
Foto: Rodrigo Guimarães
Tabloid Comunicação
Piloto da equipe Prati-Donaduzzi foi o mais rápido na segunda corrida, apesar de não ter conseguido completar.

Não foi um fim de semana de bons resultados, mas a equipe Prati-Donaduzzi pode tirar pelo menos um ponto positivo da sétima etapa da temporada da Stock Car, disputada neste domingo, 19, em Campo Grande. Antonio Pizzonia fez a melhor volta na segunda prova do dia, mostrando bom desempenho do carro em ritmo de corrida.

O problema é que ele acabou abandonando em função do superaquecimento do motor.

“De positivo, fica isso mesmo. Ter andado bem em situação de corrida, em um momento em que não tivemos problemas. Mas está faltando sorte pra gente. Este é o resumo do nosso ano. Falta encaixar um fim de semana livre de problemas”, avaliou Antonio Pizzonia. Na primeira prova do dia, ele já havia sofrido com um pneu furado logo no início, em função de um toque.

Julio Campos foi o 13º colocado na primeira corrida; e abandonou a segunda pelo mesmo motivo de Antonio Pizzonia, superaquecimento do motor. “Começamos bem no fim de semana, mas não evoluímos, principalmente pra tomada de tempo. Mudamos bastante o ajuste pra corrida e estávamos rápidos, mas o carro era mais arisco”, explicou Julio.

“Em função disso, eu acabava espalhando em alguns trechos e aqui a pista é suja. Escapou um pouquinho, já era. Saí dos boxes em 10º e não deu pra segurar, fechei em 13º”, resumiu. “Aí, na segunda corrida, já estávamos em nono quando sofremos o problema mecânico. Foi uma pena, porque era corrida pra pódio, pela turma que a gente estava disputando”.

Agora, a equipe Prati-Donaduzzi volta para sua sede em Petrópolis, no Rio de Janeiro, e começa imediatamente a preparação para a próxima etapa, que está marcada para Cascavel, no Paraná, no dia 9 de setembro.

Sobre a Prati-Donaduzzi

A Prati-Donaduzzi, indústria farmacêutica especializada no desenvolvimento e produção de medicamentos genéricos e similares, é a primeira no país a comercializar os medicamentos fracionáveis. Com sede em Toledo, oeste do Paraná, tem mais de 4 mil colaboradores e possui um dos maiores portfólios de medicamentos genéricos do Brasil. Produz, em média, 12 bilhões de doses terapêuticas por ano. Estreou na Stock Car como patrocinadora em 2012.

Notícias

Página inicial