Motor On Line
Notícias-

Stock Car: Cavaleiro Sports coloca Navarro em 16º e Galid em 17º no grid da CM
Reportagem: MS2 Comunicação
Foto: Miguel Costa Jr.
Piloto do carro #05 ficou apenas 0s011 de se classificar para o Q2 na prova válida pela sexta etapa em Goiânia.

O sábado em Goiânia foi de definição do grid de largada para a 10ª edição da famosa Corrida do Milhão e por onze centésimos o piloto da equipe Cavaleiro Sports, Denis Navarro (Cavaleiro Sports Cimed), não entrou para a disputa do Q2, onde dos 15 melhores tempos, saem seis para disputar a pole position. Com uma volta de 47s939, o piloto do carro #05 largará em 16º lugar na prova deste domingo.

Saindo do meio do pelotão o piloto não saiu satisfeito com o resultado. “O nosso qualy não foi bom pelo desempenho que estávamos tendo nos treinos, posso dizer que foi o pior carro que tive no final de semana foi no qualy, isso fez com que caminhássemos um pouco para trás. O bom é que sabemos o caminho que a gente tinha nos treino para usar na corrida, claro que para ganhar um milhão é mais difícil largando de décimo sexto com pilotos tão competitivos, mas vamos para a prova e ver o que conseguimos fazer para chegar o mais a frente possível”, disse Navarro.

Valendo a sexta etapa da temporada 2018, a equipe também conseguiu colocar Galid Osman (Cavaleiro Sports Ipiranga) logo na sequência do grid, na decima sétima posição. “Eu fiquei chateado com a classificação porque a gente tinha um ritmo bom nos treinos, sempre ali no top 10, sendo competitivos, mas na classificação meu carro não entrou a calibragem foi entrar só no último minuto da tomada e, isso, impossibilitou nossa entrada para o Q2, se fosse para o Q2 a história seria bem diferente, faltou meio décimo só, de resto vamos fazer uma corrida boa amanhã, pensar na estratégia e fazer dois bons pits stops”, explicou o piloto do carro #28.

Companheiro de Navarro e Galid, Felipe Lapenna (Cavaleiro Sports Contuflex) optou com a equipe em não mexer no carro para o classificatório e larga em 25º. “Na verdade mudou muito o setup do carro do treino para a tomada e a gente acabou mudando nada do carro, não arriscamos mexer, para não perder velocidade de reta e acabou que nosso carro ficou muito traseiro e não virou o tempo que tinha que virar e amanhã vamos tentar marcar uns pontinhos largando lá de trás”, analisou o paulista.

A Corrida do Milhão terá obrigatoriedade de dois pits stops e cada piloto recebe doze acionamentos do push. Essa etapa além de ser a milionária traz outra novidade, o circuito usado será o anel externo de Goiânia, o que trará uma disputa mais acirrada. A largada esta marcada para as 11h30 com transmissão pela tv globo, dentro do programa Esporte Espetacular.

Notícias

Página inicial