Motor On Line
Notícias-

Kart: pole position e potencial ao título Bruno Smielevski foi destaque no Brasileiro
Reportagem: Erno Drehmer
Foto: Bruno Gorski
KGCom
Catarinense liderou e venceu corrida na Novatos na mais importante competição do kartismo nacional.

Com mais de 230 pilotos presentes no Kartódromo Granja Viana, em Cotia (SP), foi encerrada no último sábado (21) a 2ª fase do Campeonato Brasileiro de Kart. Ao todo, somadas as duas fases, a mais importante competição do kartismo nacional reuniu cerca de 450 pilotos em suas disputas. O catarinense Bruno Smielevski (Betha Sistemas) competiu na segunda fase e foi um dos principais destaques da categoria Novatos, que alinhou 20 competidores em seu grid.

Apoiado pela equipe JR Racing, comandada pelo preparador Júnior Silveira, e com as orientações de telemetria da TI Performance, de Thomas Becker, o piloto de Criciúma (SC) logo se postou entre os primeiros colocados nos treinos, terminando dois deles na 2ª posição. A boa performance se refletiria na tomada de tempos, quando Smielevski foi o autor da pole position.

Nas duas provas classificatórias, com uma vitória e um segundo lugar, Bruno Smielevski garantiu outra pole position, desta vez na pré-final, colocando-se outra vez como um dos principais candidatos ao título em sua categoria. Com boa largada, Bruno Smielevski (Betha Sistemas) manteve-se em boa disputa pela liderança, posição que mostrava bastante alternância. Porém, em uma destas disputas, Smielevski acabaria tocado por trás por um concorrente, o que provocou sua rodada e o prematuro abandono ainda na 3ª volta.

Obrigado a largar das últimas posições na Final, mais exatamente em 18º, Bruno Smielevski mostrou mais uma vez o talento que poderia ter lhe levado à conquista do título. Com ótimo poder de recuperação e belas ultrapassagens, ele superou dez concorrentes e recebeu a bandeirada final em 8º, posição bastante abaixo do cenário e projeções iniciais.

“Foi uma pena aquele incidente na pré-final. Não fosse isso eu certamente poderia ter largado bem mais à frente, o que teria me dado oportunidade de lutar pela vitória e pelo título”, lamenta Bruno Smielevski, 15 anos. “Mas ainda assim não posso ficar triste, pois consegui mostrar que sou rápido, mostrei meu potencial e sei que em condições normais eu teria tido todas as chances de ser campeão. Vamos em frente, agora focando no título de campeão da Copa Brasil em outubro”, finaliza.

CODASUR

Bruno Smielevski participou do Campeonato Brasileiro também na primeira fase, pela categoria Codasur, que reunia, além de alguns pilotos da Novatos, competidores da Graduados e Sêniores, listados entre os melhores e mais experientes do país.

Em busca de experiência e aprendizado, Smielevski teve atuações acima das expectativas e estava muito bem posicionado na pré-final, mas um toque de um concorrente o fez terminar em 15º. Desclassificado por falta de peso, já que o toque provocou também o furo do radiador de seu kart e a consequente perda de água e peso, o piloto de Criciúma foi obrigado a largar da 36ª posição na final. Com bela atuação, ele ganhou 15 posições e encerrou sua participação em 21º.

Notícias

Página inicial