Motor On Line
Notícias-

Kart: Arthur Gama foi destaque no Sul-Americano Rotax e disputa o Brasileiro
Reportagem: Erno Drehmer
Foto: Cris Reis
KGCom
Campeonato mais importante do kartismo nacional será realizado no Kartódromo Granja Viana, em Cotia (SP).

Após quase um ano sem competir com os motores Rotax, o gaúcho Arthur Gama (Tilecol | Boteco Exportação) voltou a disputar uma competição com os propulsores austríacos. E foi em alto estilo, em um evento de caráter internacional, o Campeonato Sul-Americano Rotax, disputado no Kartódromo Granja Viana, em Cotia (SP), na última semana.

Arthur Gama competiu na categoria Júnior Max, uma acima da que integrou em sua última participação com motores Rotax. “Foi legal, não tive muitos problemas com adaptação e consegui ser bastante competitivo”, lembra o piloto de Porto Alegre (RS), que no ano passado competiu na Mini Max.

Ao longo da competição Arthur Gama passou a utilizar um chassi italiano Tony Kart, o que exigiu outro processo de adaptação e também nesse momento o piloto gaúcho conseguiu extrair um bom rendimento de seu equipamento. Com bons treinos, Gama chegou à Pré-Final depois de ter disputado três provas classificatórias e largou para a penúltima corrida da programação em 11º. Com bela atuação, terminou em 6º, de onde largaria na Final.

“A Pré-Final foi uma prova muito boa, eu estava bem rápido, ‘virando’ tempos parecidos com o dos ponteiros e brigando pelas primeiras posições”, lembra Gama. “Mas acabei tomando uma pancada na traseira que entortou os parafusos do para-choque”, lamentou o piloto.

Preocupada com o fato de que o para-choque pudesse cair na Final, a equipe comandada pelo preparador Alex optou pelo desmonte da peça. Na remontagem o kart acabou ficando com a traseira “mais solta” para a Final, o que deixou o kart menos competitivo.

Desta forma, Arthur Gama (Tilecol | Boteco Exportação) terminou a competição em 8º. “Talvez, se não tivéssemos mexido, eu poderia ter brigado pelo título. Mas preferimos ser precavidos”, lembra Arthur Gama. “O que importa disso tudo é que fui competitivo em um evento internacional, que teve pilotos de alto nível, do Brasil e da América do Sul. Foi um ótimo aprendizado, também visando o Campeonato Brasileiro, que começa na próxima semana”, finalizou.

Notícias

Página inicial