Motor On Line
Notícias-

Motovelocidade: Kawakami é 8º em corrida divertida do Rookies Cup em Mugello
Reportagem: Grelak Comunicação
Piloto brasileiro conquista primeira pole, oscila nas 12 primeiras posições e sobe para 12º na classificação do Red Bull MotoGP Rookies Cup.

“Uma corrida muito divertida”. Foi assim que Meikon Kawakami definiu a segunda etapa do Red Bull MotoGP Rookies Cup, disputada neste sábado (2) no circuito italiano de Mugello, na programação preliminar da sexta etapa do Mundial MotoGP. Largando da pole position, o piloto brasileiro oscilou entre as 12 primeiras posições durante a corrida, empreendeu uma recuperação capaz de leva-lo à liderança e recebeu a bandeirada final como oitavo colocado.

“Estou feliz, e ao mesmo tempo não tão feliz”, ponderou o brasileiro, que vinha de um 10º e um 16º lugar na rodada dupla que compôs a primeira etapa em Jerez de La Fronteira, na Espanha, em maio. Com o resultado na Itália, ele subiu para a 12ª colocação na tabela de classificação do Rookies Cup, liderada pelo turco Can Öncü, segundo colocado na etapa – a vitória foi assegurada nos metros finais da disputa pelo japonês Yuki Kunii, agora terceiro na tabela.

Kawakami largou da pole pela primeira vez no ano e caiu para terceiro na primeira curva da prova. Ao término da primeira volta, estava em sétimo. “As trocas de posição foram muito frequentes durante toda a corrida, que foi muito divertida. Infelizmente o meu peso não me ajudava muito nas retas, mas eu me sentia confortável com a moto nas curvas e conseguia recuperar as posições”, disse o único piloto brasileiro inscrito no Red Bull MotoGP Rookies Cup.

O equilíbrio da categoria manteve os 12 primeiros colocados próximos entre si durante toda a prova – ao término da disputa, que teve 15 voltas, os 11 primeiros estavam separados por menos de um segundo. Kawakami chegou a ocupar o 12º lugar na corrida na abertura da décima volta, instante em que deu início a uma notável estratégia de recuperação. “Tentei dar o meu máximo para estar na frente, foram voltas que mostraram a minha evolução”, avaliou.

Ainda na décima volta, ganhando posições gradativamente, Kawakami assumiu o sétimo lugar. Subiu para terceiro na 11ª e, na volta seguinte, chegou a cair para a quinta posição, antes de assumir a vice-liderança. A três voltas do fim, ultrapassou o espanhol Carlos Tatay e Öncü para assumir a liderança, que manteve até a penúltima volta, quando caiu para sexto. Na volta final, depois de um toque lateral na tentativa de recuperar o pódio, caiu para oitavo.

A terceira etapa do Red Bull MotoGP Rookies Cup, com duas corridas, será disputada nos dias 30 e 31 de junho no circuito holandês de Assen. Antes, também em rodada dupla, Kawamaki vai disputar em Barcelona, na Espanha, a quarta etapa do FIM CEV Repsol, também em rodada dupla, nos dias 9 e 10. O piloto brasileiro compete com patrocínio de PlayStation e Gangster e apoio de Alpinestars, X-Lite, IndexChange e Siemaco.

Red Bull MotoGP Rookies Cup – Resultado
(Classificação final da etapa de Mugello após 15 voltas)

1º) Yuki Kunii (JAP), 30min36s642
2º) Can Öncü (TUR), a 0s031
3º) Adrián Carrasco (ESP), a 0s056
4º) Carlos Tatay (ESP), a 0s131
5º) Xavier Artigas (ESP), a 0s251
6º) Deniz Öncü (TUR), a 0s308
7º) Adrián Huertas (ESP), a 0s364
8º) Meikon Kawakami (BRA), a 0s390
9º) Ryusei Yamanaka (JAP), a 0s630
10º) Filip Salac (CHE), a 0s831
11º) Sean Kelly (EUA), a 0s942
12º) Steward García (COL), a 1s190
13º) Barry Baltus (BEL), a 1s527
14º) Dan Jones (ING), a 13s545
15º) Billy van Eerde (AUS), a 23s285
16º) Peetu Paavilainen (FIN), a 23s365
17º) Matteo Patacca (ITA), a 23s398
18º) Pasquale Alfano (ITA), a 23s451
19º) Simon Jespersen (SUI), a 23s640
20º) Nicolas Hernandez (COL), a 23s641
21º) Aidan Liebenberg (AFS), a 51s828
22º) Sasha de Vits (BEL), a 58s358
Não Completaram
Max Cook (ING), a 10 voltas
Gerry Salim (IDN), a 13 voltas
Melhor volta: Huertas, na 5ª, 2min00s957, média de 156,105 km/h

Após a realização de três corridas, a classificação do Red Bull MotoGP Rookies Cup na temporada de 2018 é a seguinte:

1º) C. Öncü, 65 pontos;
2º) Tatay, 58;
3º) Kunii, 40;
4º) D. Öncü, 39;
5º) Salac, 35;
6º) Yamanaka, 28;
7º) Carrasco e Artigas, 23;
9º) Kelly, 22;
10º) Huertas e Baltus, 17;
12º) Kawakami, 14;
13º) García, 12;
14º) Jones, 8;
15º) Patacca, 7;
16º) Paavilainen e de Vits, 4;
18º) Cook, 3;
19º) Van Erde, 1.

Notícias

Página inicial