Motor On Line
Notícias-

Stock Car: Green e Jarvis estranham falta de grip
Reportagem: Márcio Fonseca
Foto: Rodrigo Guimarães
MF2
Ingleses da Prati-Donaduzzi deixam boa impressão nos treinos dos estreantes.

Os ingleses Jamie Green e Oliver Jarvis, convidados da Equipe Prati-Donaduzzi para a Corrida de Duplas que abrirá a temporada da Stock Car neste sábado, coincidiram na análise das duas sessões exclusivas de ensaios dos estreantes nesta quarta-feira em Interlagos: a baixa aderência, característica dos carros da principal categoria nacional, foi a maior dificuldade encontrada no contato inicial com um mundo totalmente novo para ambos. Green é um dos astros do Campeonato Alemão de Turismo (DTM) e Jarvis foi vice-campeão mundial de Endurance na divisão LMP2 no ano passado.

“O carro é bastante diferente e tem muito menos grip do que aquele ao qual estou acostumado. E como a temperatura está alta, ao contrário das que encontramos na Europa, é fácil os pneus perderem mais aderência”, explicou Green, parceiro de Julio Campos e 4º colocado na primeira sessão a menos de um décimo de distância do mais veloz, o português Felipe Albuquerque. “É realmente um grande desafio. Como está muito quente, suamos bastante dentro do carro. É tudo novo para mim. Não conheço o carro, o circuito, a equipe... Mas acho que até agora está OK, são apenas treinos livres. Estamos nos preparando e ainda tenho muito a aprender. Vamos ver o que acontece na sexta e no sábado”, comentou.

Jarvis, vencedor das 24 Horas de Le Mans na LMP2 em 2017, também regressou aos boxes exibindo os efeitos do sufoco passado dentro de um cockpit onde as temperaturas superam com folga os 30 graus. “Ando na Europa com um carro que tem muita pressão aerodinâmica. Então, estou procurando encontrar um pouco mais de aderência em todos os pontos”, relatou. Mas também gostou da experiência inicial com a Stock Car em Interlagos. “É um grande campeonato e uma pista fantástica. Até o momento tem sido muito legal. Tenho bastante o que melhorar para aumentar o ritmo. O carro é bem divertido de pilotar. Tenho que olhar os dados com bastante atenção para ver onde estou na comparação com os pilotos que já andam aqui, como é o caso do meu companheiro Antonio Pizzonia”, disse. Jarvis foi o 8º colocado da sessão.

Se sofreram bastante com o clima, Green e Jarvis deixaram ótima impressão ao sugerir uma rápida adaptação à Stock Car. Seus tempos de volta foram caindo a cada nova saída dos boxes e a programação permitirá que a familiarização seja acelerada. Nesta tarde, ainda poderiam dividir o carro com os parceiros nos dois treinos. Amanhã, terão mais dois ensaios de 50 minutos cada, enquanto na sexta, antes do qualifying que definirá a ordem de largada da primeira etapa, ganharão mais 35 minutos de pista.

Notícias

Página inicial