Motor On Line
Notícias-

F-4 Alemã: Petecof conquista 26 posições em 2 corridas e é destaque em Spielberg
Reportagem: Luis Ferrari
Representante da Academia Shell Racing se recupera de acidente no quali, dá show saindo do fundo do grid para conquistar mais um top5 e está a 22 pontos da liderança.

O segundo fim de semana de Gianluca Petecof no Campeonato Alemão de F4 foi épico em Spielberg. O representante da Academia Shell Racing conquistou nada menos que 28 posições em duas corridas, mostrando a mesma velocidade da prova de abertura do certame, quando venceu com direito à maior margem de diferença da história da categoria.

Na sexta-feira, o competidor da equipe Prema perdeu o controle do carro na última curva da pista austríaca no primeiro treino qualificatório. Como já havia marcado uma volta lançada, conseguiu o 12º lugar no grid para a corrida 1, realizada no sábado. Mas o desafio para domingo seria enrome, saindo do fundo do grid na corrida 2 e com o grid da corrida 3 definido pela inversão dos oito primeiros colocados na segunda bateria.

Na prova de sábado o piloto de 16 anos de idade fez grande largada e já era sexto no fim da primeira volta. Depois avançou para quinto, ultrapassou um companheiro de equipe para ser quarto e duelou com outro adversário pelo terceiro lugar no pódio. Mas acabou ficando do lado sujo da pista numa disputa e quem vinha atrás tirou proveito. Assim Petecof recebeu a bandeirada em quinto, sete posições à frente de sua posição de grid.

Na segunda corrida, largou em 23º e antepenúltimo. Para então escalar o pelotão de forma exemplar. Foi praticamente uma ultrapassagem por minuto, por dentro, por fora, nas curvas de alta e nas freadas fortes. O último ganho de posição, para receber a bandeirada em quinto, teve direito a drible no concorrente e um “X” clássico -posteriormente Gianluca foi promovido a quarto lugar, favorecido por punição por excesso de velocidade sob bandeira amarela aplicada a outro competidor.

Largando em quinto na corrida final, o piloto Shell tracionou bem e assumiu a terceira posição antes da primeira curva. Ele era mais rápido que a dupla que vinha à frente e logo tratou de atacar pelo segundo posto.

Mas o vice-líder estava disposto a vender caro a posição: tão caro, que arruinou a corrida de ambos. Depois de assumiu a linha interna numa curva de alta, deixou Gianluca por fora. O piloto da Shell passou limpo, mas o concorrente perdeu a traseira de seu carro, que acabou projetado sobre o bólido #5 da equipe Prema. Fim de corrida para os dois, comprometendo uma belíssima jornada de recuperação do brasileiro.

Mesmo assim Gianluca foi capaz de minimizar o prejuízo, que se anunciava extremo depois do quali, e sai da Áustria com os mesmos 22 pontos de distância para a liderança com os quais chegou a Spielberg.

O competidor da Academia Shell Racing retorna às pistas pelo Italiano de F4, campeonato em que aparece na liderança com 100 pontos contra 44 dos concorrentes mais próximos. A terceira etapa do Italiano acontece em Budapest, dentro de quatro semanas.

O que disse Gianluca Petecof:

“Foi um fim de semana de altos e baixos e muito aprendizado. Na sexta-feira vinha com um trecho verde e outro roxo quando perdi o carro e fiquei fora do segundo quali. A equipe fez um grande trabalho para recuperar o equipamento e me deixar em condição de competir no sábado e no domingo. As duas corridas foram muito disputadas e consegui pontuar bem, especialmente na segunda prova largando do fundo do grid. Na terceira corrida infelizmente tivemos um abandono quando o pódio era uma realidade. Voltaremos mais fortes na próxima.”

F4 Alemã – Campeonato (após duas etapas):

1. T. Pourchaire 69 pontos
2. N. Krutten 69
3. A. Leclerc 62
4. R. Stanek 59
5. P. Aron 59
6. A. Ghiretti 48
7. GIANUCA PETECOF 47
8. W. Alatalo 43
9. D. Hauger 40
10. J. Durksen 40

Sobre a Raízen:

A Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil, se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 26 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,0 bilhões de litros de etanol por ano, 4,2 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 67 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 6.000 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

Projeto Ano 3

Formando Um Verdadeiro Campeão atráves do programa Lei de Incentivo da Secretária Especial do Esporte no processo 58000.011283/2018-32.

Notícias

Página inicial