Motor On Line
Notícias-

Stock Car: Promax Bardahl patrocina Bia Figueiredo pela 15ª temporada consecutiva
Reportagem: Doro Jr. / Gustavo Coelho
Foto: Rafael Gagliano
ZDL Sports
Parceria de sucesso entre a empresa e a atleta começou em 2005 quando ela competia na Fórmula Renault. Neste ano Bia está disputando a Stock Car e provas nos Estados Unidos.

Uma parceria longeva do automobilismo nacional acaba de ser estendida. A Promax Bardahl, empresa pioneira em produtos de lubrificação de motores e aditivos, e a piloto Bia Figueiredo, única mulher da Stock Car, integrante da equipe Ipiranga Racing, estarão juntas pela 15a. temporada consecutiva. O patrocínio foi iniciado quando a piloto paulistana, aos 20 anos de idade à época, competia na Fórmula Renault.

"A Promax Bardahl é a minha patrocinadora mais antiga, estamos juntos desde 2005 quando ainda corria na Fórmula Renault. Na época o Roberto Galvão fez um acordo com uma empresa parceira para esse campeonato. Infelizmente o acordo comercial não deu certo mas ele manteve a palavra, me patrocinou com verba própria e nunca mais nos separamos", relembra Bia, hoje com 34 anos.

"No ano passado o Roberto se foi e deixou aqui fãs eternos da sua paixão pela Promax Bardahl. O Ricardo Galvão, que agora lidera a empresa, tem ideias inovadoras e um jeito novo de administrar. Por isso a nossa parceria ficou ainda mais completa. Muito feliz de renovar esse patrocínio por mais uma temporada", acrescentou a piloto, que está em seu sexto ano consecutivo na Stock Car, a maior categoria do automobilismo brasileiro, e também competirá em 2019 na IMSA, nos EUA, correndo no Acura 57 da Heinricher Racing.

Ricardo Galvão também comemorou o acerto. "Estamos muito felizes em continuar nossa parceria com a Bia que, além de excelente piloto, é uma pessoa muito especial e que sempre vestiu a camisa da empresa. Temos certeza de que ela continuará fortalecendo a marca Promax Bardahl".

Como manda a cartilha do automobilismo, Bia iniciou sua carreira no kart aos 8 anos, passando por diversas categorias até chegar na Fórmula Renault, estreando em 2003. Correu também na Fórmula 3 Sul-Americana e , alguns anos depois, mais precisamente em 2008, iniciou sua trajetória nos Estados Unidos, competindo na Indy Lights. Entre 2010 e 2013 esteve na Fórmula Indy, tendo competido nas 500 Milhas de Indianópolis. Regressou ao Brasil em 2014, quando estreou na Stock pela equipe AmPm Pro GP Team.

Notícias

Página inicial