Motor On Line
Notícias-

Stock Car: Thiago Camilo vence de novo e sobe na classificação
Reportagem: Alexandre Kacelnik
Foto: Rafael Gagliano

A terceira pole position consecutiva e a vitória incontestável na corrida principal não foram suficientes para que Thiago Camilo saísse 100% satisfeito de Goiânia, onde a Stock Car realizou hoje a terceira etapa da temporada 2019. Isso porque o objetivo de ser o maior pontuador do fim de semana foi alcançado apenas em parte: o piloto da Ipiranga Racing chegou em 11º na Corrida 2 e somou 40 pontos, enquanto Daniel Serra, terceiro nas duas corridas, também somou 40. Essa foi a 25ª vitória de Thiago Camilo na Stock Car, e a terceira em Goiânia.

O domingo de sol começou com uma grande apreensão em relação à temperatura de pista, 17 graus mais quente que durante a classificação no sábado, o que muda o comportamento do carro e aumenta o desgaste dos pneus. Para a Ipiranga Racing em particular, havia também a preocupação com a estratégia, pois apesar de saber que tinha um carro rápido, podia perder a ponta com um pit stop ‘suicida’ de alguns adversários diretos, o que realmente aconteceu: Ricardo Zonta, que largou em terceiro e tomou a segunda posição de Daniel Serra, botou pouco combustível no pit stop obrigatório e poderia ganhar a posição, ficando sem combustível para chegar ao pit da segunda prova.

“A gente achava que o Zonta adotaria essa estratégia, por isso, mesmo estando na frente e não sendo atacado, usei o push (botão de ultrapassagem) para abrir vantagem e não perder a posição no pit ou logo depois, pois ele sairia mais leve. Consegui entrar no box quatro segundos à frente e vencer a primeira corrida, mas fiquei com poucos pushes para a segunda, acabei perdendo muito tempo atrás do (Allam) Khodair no início e não ganhei posições. De qualquer forma, a terceira pole position e a segunda vitória consecutiva mostram que estamos no caminho certo. Eu só queria diminuir um pouco mais a distância para a liderança, mas vamos agora para Londrina, uma pista muito boa para mim e para a Ipiranga Racing”, disse Camilo, que subiu de quinto para quarto lugar no campeonato, com 89. Daniel Serra e Rubens Barrichello, vencedor da Corrida 2, estão empatados na ponta com 102, e Ricardo Maurício é o terceiro.

Bia Figueiredo largou em 22º e foi jogada para fora da pista no início da primeira corrida. O Chevrolet número 3 da Ipiranga Racing voltou para a pista, mas o passeio na grama fechou o radiador e o carro começou a aquecer. Bia foi para o box e jogou as fichas na segunda corrida, onde o carro não teve o desempenho esperado e acabou sem pontos.

Notícias

Página inicial