Motor On Line
Notícias-

Drugovich comemora início de temporada histórico no Euroformula F3 Open
Reportagem: Grelak Comunicação
Foto: Divulgação
Piloto brasileiro comemora cinco vitórias e aproveitamento de 93,2% na liderança do campeonato, que terá sequência na Hungria.

Seis corridas, cinco pole positions e cinco vitórias. Felipe Drugovich não esconde a surpresa com o saldo de seu início de temporada no Euroformula F3 Open. Líder isolado da competição, o piloto brasileiro de 18 anos comemora a fase positiva, mas manifesta a necessidade de manter o ritmo de trabalho com a RP Motorsport para as 10 corridas que faltam para o fim do campeonato – as próximas acontecerão em Hungaroring, na Hungria, nos dias 7 e 8 de julho.

“Eu esperava que estaríamos na frente, mas não podia esperar que conseguíssemos ir tão bem quanto fomos até agora”, pondera Drugovich, que somou 151 pontos, aproveitamento de 93,2% em relação aos 162 possíveis. “Foi um primeiro terço de campeonato muito bom, mas temos que continuar trabalhando duro. A tendência é dos adversários se aproximarem do nível que tivemos nessas três primeiras etapas”.

A estreia do brasileiro no Euroformula F3 Open aconteceu na etapa final de 2017, em Barcelona. Na pista espanhola, ele conquistou a pole position da primeira corrida, em que recebeu a bandeira quadriculada em sexto lugar, e foi o segundo colocado no grid da prova de encerramento da temporada, em que comemorou a primeira das seis vitórias que tem na categoria – é o quinto maior vencedor da história da categoria, disputada desde 2013.

“Participar daquela etapa do ano passado foi um passo à frente que nós demos para o trabalho de 2018”, avalia Drugovich. “Por um lado, por ter corrido em 2017, eu deixo de ser rookie no campeonato de agora”, lembra, citando que existe uma classificação de campeonato paralela entre os pilotos estreantes. “Mas foi um passo muito bem dado. Ter corrido na categoria um tempo antes é uma experiência que ajuda muito na evolução”, ele aponta.

EUROFORMULA F3 OPEN – Classificação
(Pontuação do campeonato após 3 de 8 etapas)

1º) Felipe Drugovich (BRA/RP Motorsport), 151
2º) Matheus Iorio (BRA/Carlin Motorsport), 83
3º) Bent Viscaal (HOL/Teo Martin Motorsport), 74
4º) Marcos Siebert (ARG/Campos Racing), 63
5º) Cameron Das (EUA/Carlin Motosport), 57
6º) Guilherme Samaia (BRA/RP Motorsport), 53
7º) Alex Karkosik (POL/Campos Racing), 36
8º) Jannes Fittje (ALE/Drivex School), 22
9º) Lukas Dunner (AUT/Drivex School), 21
10º) Aldo Festante (ITA/RP Motorsport), 12
11º) Christian Hahn (BRA/Drivex School), 11
11º) Petru Florescu (ROM/Fortec Motorsport), 11
13º) Michaël Benyhaia (MAR/RP Motorsport), 9
14º) Leonard Hoogenboom (HOL/RP Motorposrt), 7
15º) Calan Williams (AUS/Fortec Motorsport), 6
16º) Yves Baltas (EUA/Campos Racing), 2

Notícias

Página inicial