Motor On Line
Notícias-

Luc Monteiro é o 50º piloto a alcançar o pódio no Mercedes-Benz Challenge
Reportagem: Grelak Comunicação
Foto: Fernando Conto
Quinto lugar na estreia em Interlagos colocou paranaense da CenterBUS-Sambaíba no ranking de pilotos premiados na classe C250 Cup.

O Mercedes-Benz Challenge teve no dia 27 de maio em Interlagos a 75ª corrida de seus oito anos de história. A terceira etapa da temporada de 2018 no Autódromo José Carlos Pace, em São Paulo, elevou a 50 o número de pilotos que já estiveram no pódio da classe C250 Cup. O paranaense Luc Monteiro, estreando pela CenterBUS-Sambaíba Racing Team, foi o quinto colocado da etapa, tornando-se o 50º piloto a integrar as cerimônias de premiação.

Implantado em 2011, o Mercedes-Benz Challenge experimentou vários formatos em suas oito temporadas de existência. As duas primeiras consistiram em etapas com duas corridas de 30 minutos, em que no caso das duplas cada piloto cumpria uma corrida. Em 2013 adotou-se o formato de corridas únicas a cada evento. A partir de 2014, a C250 Cup passou a dividir grid com a CLA 45 AMG Cup, que trouxe à categoria um carro mais moderno e potente.

Desde a criação da classe que apresentou o modelo CLA 45 AMG da Mercedes-Benz para o automobilismo, as duas categorias dividem grid em oito etapas anuais que têm duração de 45 minutos e mais uma volta. O critério para o pódio também foi modificado desde a criação da categoria. Houve anos em que a cerimônia de premiação reunia os três primeiros pilotos a cada corrida. O formato atual leva ao pódio os cinco primeiros colocados.

O recorde histórico de aparições no pódio é do paulista Neto de Nigris, que foi premiado 31 vezes. Em segundo no ranking aparece o paulista Peter Michael Gottschalk, vencedor da etapa do mês passado em Interlagos e líder da atual temporada da C250 Cup. A temporada do Mercedes-Benz Challenge chegará à metade no dia 29 de julho, com a realização da quarta etapa no Autódromo Internacional de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul.

Ranking do Mercedes-Benz Challenge
(Histórico de aparições no pódio da classe C250 Cup)

1º) Neto de Nigris, 31
2º) Peter Michael Gottschalk, 25
3º) Cesare Marrucci, 23
4º) Márcio Campos e Marcos Paioli, 20
6º) Arnaldo Diniz Filho, 18
7º) Fernando Júnior, 15
8º) Edson Coelho Júnior, Peter Gottschalk Júnior e Rubens Tilkian, 13
11º) Cláudio Simão e Marcelo Hahn, 12
13º) João Campos, 11
14º) Fernando Amorim e Luiz Sérgio Sena Júnior, 10
16º) Flávio Andrade, 9
17º) André Moraes Júnior, 8
18º) João Lemos e Rodney Felício, 7
20º) Cleiton Campos, Cristian Mohr e Fábio Escorpioni, 5
23º) Fábio Delamuta, Léo de Nigris e Max Mohr, 4
26º) Alexandre Navarro, Betão Fonseca, Betinho Sartório, Beto Rossi, Raphael Teixeira e Rodrigo Cruvinel, 3
32º) Cello Nunes, César Urnhani, Leandro Romera, Márcio Basso, Miro Cruz, Rafael Zappelini e Sérgio Martinez, 2
39º) Alexandre Zaninotto, Carlos Kray, Cláudio Dahruj, Christian Germano, Fábio Ebrahim, Graziela Paioli, Luc Monteiro, Michelle de Jesus, Rodolfo Pousa, Sérgio Maggi, Vinícius Simão e Wellington Cirino, 1

Notícias

Página inicial