Motor On Line
Notícias-

Kart: Pedro Lopes conquistou top 4 na Shifter em sua estreia com o chassi Tony
Reportagem: Erno Drehmer
Foto: Bruno Gorski
KGCom
Piloto paulista viveu um "mini-Brasileiro" no último sábado no Kartódromo Granja Viana.

Em um sábado extremamente proveitoso para seus objetivos estabelecidos para o próximo mês, o piloto Pedro Lopes (JRA Empreendimentos e Engenharia) participou da 5ª etapa da Copa São Paulo KGV, disputada no Kartódromo Granja Viana, em Cotia (SP). Visando especialmente sua preparação para o Campeonato Brasileiro, Lopes estreou um novo chassi e garantiu um importante Top 4 na categoria mais rápida do kartismo nacional.

Pedro Lopes, que lidera o SKUSA Pro Tour nos Estados Unidos, competiu na Shifter e, pela primeira vez, utilizava um chassi Tony Kart, fabricado na Itália e dono de diversos títulos em nível mundial. O grid contava com grandes nomes do kartismo no Brasil, pilotos de alto nível que integram a seleta lista dos que lutarão pelo título em julho, no Campeonato Brasileiro, que será realizado na mesma pista.

“Foi um ‘mini-Brasileiro’ o que vivemos no último sábado”, resume Pedro Lopes. “As disputas foram intensas em um grid muito categorizado. Para mim, que tenho menos experiência na Shifter do que a maioria, foi muito bom, pude aprender muito”, completou.

Segundo colocado no grid de largada, composto por 22 competidores, Pedro Lopes fez uma boa primeira bateria e terminou em 4º, superando alguns nomes destacados na categoria. Depois, na segunda prova do dia, largou em 4º e manteve a posição até o final. Com os resultados, o piloto apoiado pela JRA Empreendimentos e Engenharia finalizou a rodada também na 4ª posição.

“O sábado foi muito bom, seja falando dos resultados, seja falando em termos de preparação para o Campeonato Brasileiro”, analisa Pedro Lopes, que integra a equipe Ribeiro Competições. “Trabalhamos bastante em minha adaptação ao chassi Tony Kart e agora temos que continuar acertando o conjunto chassi / motor para o Open em junho, a última prova antes do Brasileiro”, continua.

Os últimos resultados de Pedro Lopes no Brasil e nos Estados Unidos, onde o piloto paulista compete na S2, categoria semelhante à Shifter, fizeram com que ele se tornasse ainda mais otimista com relação ao Campeonato Brasileiro. “Tenho me mostrado bastante rápido e nas duas provas do sábado isso se repetiu, pois meus tempos foram sempre semelhantes aos dos primeiros colocados. É meu primeiro ano na Shifter, mas isso não me impede de estar otimista e de pensar em lutar por um lugar no pódio”, finaliza.

Notícias

Página inicial